Descubra quais nutrientes são importantes para o trabalho dos órgãos

O corpo pede nutrientes para manter o corpo ativo, além de evitar e fortalecer o organismo contra doenças como gripes e resfriados

Descubra quais nutrientes são importantes para o trabalho dos órgãos
Descubra quais nutrientes são importantes para o trabalho dos órgãos

O corpo dá sinais de falta de nutrientes em diversas situações do dia a dia, como o cansaço e indisposição. Isso porque ele é o responsável por dar sinais da ausência de vitaminas e minerais que talvez esteja faltando em seu organismo. O corpo necessita de diversos nutrientes, então veja quais são os fundamentais para que o corpo esteja imune a doenças.

Confira as funções dos nutrientes e em quais alimentos encontrá-los

  • Ferro

Sua principal função é fabricar as células vermelhas do sangue. Uma vez que essas são as responsáveis pelo transporte de oxigênio para todo o corpo, já dá para perceber a importância do mineral na manutenção da boa saúde. “Quando falta ferro no organismo diminui o número de células vermelhas e, consequentemente, a oxigenação dos órgãos vitais, o que é sério”, alerta a nutricionista Vanessa Leite. Ainda assim, a carência de ferro é uma das mais comuns que existem. 

Como identificar a falta: pouca concentração, sono em excesso, queda de cabelo e fraqueza. 

Onde encontrar: carne, gema de ovo, lentilha, espinafre e feijão. Enquanto a vitamina C presente em outros alimentos pode potencializar a absorção do ferro encontrado nos vegetais, o cálcio pode atrapalhar. Por isso, não consuma alimentos ricos em ferro e ricos em cálcio na mesma refeição.

  • Vitamina C 

O poder preventivo dessa vitamina provém da sua capacidade de aumentar a produção de leucócitos, células de defesa do organismo que agem diretamente sobre bactérias e vírus, fortalecendo o sistema imunológico e aumentando a resistência do corpo contra infecções. “É importante para o crescimento e regeneração dos tecidos, além da síntese de colágeno”, informa a nutricionista Lilian Speziali. 

Como identificar a falta: sangramento da gengiva, pontos vermelhos na pele e nas mucosas, dor articular e gripes frequentes. 

Onde encontrar: frutas cítricas, pimentão, couve, tomate, coentro e cebolinha. 

  • Magnésio 

Cerca de 300 sistemas de enzimas do corpo precisam do mineral para funcionar, inclusive para metabolizar proteínas, gorduras, cálcio, potássio, fósforo, zinco, glicose, cobre e sódio. Ele também está envolvido em todas as atividades musculares, agindo a favor delas já a partir do cérebro. 

Como identificar a falta: retenção de líquidos, falta de apetite e mudança frequente de humor. 

Onde encontrar: vegetais, sementes de girassol e de abóbora, amêndoas e frutas secas.

  • Cálcio 

“Ele é essencial para a formação e a manutenção da massa óssea, para a contração muscular e para a transmissão dos impulsos nervosos. É importante também para a coagulação sanguínea e liberação de hormônios. Lembrando que o esqueleto é o principal reservatório de cálcio no corpo”, explica a nutricionista Greice Caroline Baggio. 

Como identificar a falta: cãibra, insônia, problemas nos dentes, unhas frágeis, pele seca e dor óssea. 

Onde encontrar: leite, gergelim, queijo, sardinha, amêndoa, couve, iogurte, grão-de- -bico e castanha-do-pará. 

  • Vitaminas do complexo B 

Suas funções variam desde o fortalecimento do sistema imunológico até a prevenção de distúrbios intestinais, entre outros benefícios como melhorar a saúde da pele e deixar a memória afiada. 

Como identificar a falta: inflamação nas pálpebras, pele seca, dores musculares, retardo de crescimento, estresse e distúrbios do sono. 

Onde encontrar: amendoim, leite, carne, ovo, milho, damasco e folhas verde-escuras. 

  • Zinco 

Está presente em mais de 200 enzimas, tendo grande importância para o metabolismo de proteínas, carboidratos, lipídeos, entre outros. Também é mais um nutriente que entra para a lista das poderosas substâncias antioxidantes, protegendo a saúde do coração e combatendo o desenvolvimento de doenças degenerativas. O zinco ainda possui papel fundamental na síntese e liberação de vários hormônios, além de estimular a insulina a se ligar na membrana celular, promovendo a entrada de glicose e ajudando no combate ao diabetes. 

Como identificar a falta: dermatite, falta de apetite e queda de cabelo. Onde encontrar: fígado, ovo, frutos do mar, leguminosas, cereais e chocolate meio amargo.

Os comentários estão desativados.

Recomendadas para você