Músculos fortes liberam substâncias que previnem o câncer e outras doenças, diz estudo

Aprenda seis exercícios básicos e fundamentais que iniciantes podem fazer na academia

Músculos
Foto: Shutterstock

Músculos fortes nem sempre foram sinônimo de saúde. Por muito tempo houve um certo preconceito com os praticantes de musculação que carregavam, em seus próprios físicos, os resultados do esforço diário na academia. Os famosos “bombados”. Porém, os avanços da cultura fitness no Brasil, aos poucos, mudaram esse panorama. Atualmente, pessoas mais atléticas são admiradas e até mesmo invejadas nas redes sociais.

Acontece que, além de gerar status e ganhos estéticos para os seus praticantes, a musculação também é uma fonte muito rica de saúde e longevidade. É o que demonstrou um estudo publicado pela revista científica Frontiers in Physiology e denominado de: The role of the muscle secretome in health and disease. Ou seja, o papel do secretoma dos músculos em saúde e doença.

A pesquisa analisou os impactos que uma musculatura forte e saudável tem na saúde geral das pessoas. E descobriu que, quando exercitados, os músculos liberam aproximadamente 650 substâncias benéficas para o organismo. São componentes químicos que podem auxiliar na prevenção de doenças como câncer, diabetes, demência, fragilidade óssea e inflamações em geral. O treino de força se demonstrou capaz até mesmo de potencializar a resposta imune da vacinação contra a Covid-19.

Além disso, como a maioria das pessoas já deve saber, a massa magra é também uma grande aliada do emagrecimento, condicionamento físico e melhora do sistema cardiorrespiratório. Por isso, praticar musculação é uma excelente alternativa para evitar doenças e ter uma boa qualidade de vida. Para ajudar pessoas iniciantes, ou que nunca entraram em uma academia, a professora de educação física Natalia Bruzzone sugeriu alguns exercícios simples para incluir na rotina de treinos. Confira:

Exercícios básicos e fundamentais para iniciantes na academia

1 – Pernas
Leg Press: sentado, apoie os pés na plataforma, afastados um do outro e alinhados ao quadril. Realize a extensão dos joelhos e volte para a posição inicial.

Músculos fortes - Foto: Shutterstock
Músculos fortes – Foto: Shutterstock

2 – Peito
Supino Máquina: posicione as mãos nas manoplas e empurre fazendo a flexão dos cotovelos e mantendo-os abertos. Ao final, retorne à posição inicial.

Músculos fortes - Foto: Shutterstock
Músculos fortes – Foto: Shutterstock

3 – Costas
Pull Down: alinhe as mãos nas manoplas e puxe-as em direção ao peito, fazendo a flexão dos cotovelos. Ao final, retorne à posição inicial.

Músculos fortes - Foto: Shutterstock
Músculos fortes – Foto: Shutterstock

4 – Ombros
Desenvolvimento Máquina: sentado, posicione as mãos nas manoplas e empurre para cima, fazendo a extensão dos cotovelos. Ao final, retorne à posição inicial.

Músculos fortes - Foto: Shutterstock
Músculos fortes – Foto: Shutterstock

5 – Abdômen
Abdominal Máquina: sentado, posicione as mãos nas manoplas e flexione o tronco, como se fosse dar uma cambalhota, e retorne à posição inicial.

Músculos fortes – Foto: Shutterstock

6 – Lombar e Glúteos
Extensor Máquina: deixe o aparelho em uma angulação que consiga realizar a extensão das costas e depois retorne à posição inicial.

Músculos fortes – Foto: Shutterstock

Vale lembrar que o mesmo músculo não deve ser trabalhado em dias seguidos. Para que ocorra a recuperação dos tecidos musculares, o ideal é periodizar e dividir os treinos durante a semana para que, enquanto um ou dois músculos trabalhem, os outros descansem. É fundamental consultar o professor da academia para que ele te ajude a encontrar a melhor rotina de exercícios. Dessa maneira, os resultados serão mais rápidos e você também evitará lesões.

Os comentários estão desativados.

Recomendadas para você