Connect with us

O que você está procurando?

Busca

Nutrição

Índice glicêmico: veja os carboidratos que mais acumulam gordura

De acordo com a taxa do índice glicêmico, carboidratos podem ser mais prejudiciais à saúde, por exigir maior liberação de insulina

índice glicêmico
Foto: Istock/Getty Images

O índice glicêmico diferencia os carboidratos e está relacionado à velocidade com que o açúcar proveniente da digestão desse carboidrato chega ao sangue (se mais rápido ou mais devagar, elevando mais rapidamente ou mais lentamente os níveis de açúcar no sangue, a chamada glicemia).

Os carboidratos simples são de absorção rápida, ou seja, possuem um índice glicêmico alto. Logo, são mais prejudiciais à saúde, já que obrigam a uma maior liberação de insulina pelo pâncreas, numa tentativa de o organismo equilibrar os níveis de açúcar. A insulina é um hormônio que tem o poder de transportar o açúcar para dentro das células dos músculos onde, no fígado, se deposita sob a forma de glicogênio.

Entretanto, esses depósitos têm uma capacidade limitada, o que faz com que todo o excesso de glicose no sangue seja convertido em ácidos gordurosos e triglicéridos, que serão armazenados pelo organismo sob a forma de gordura. Caso continue a ingerir alimentos de alto índice glicêmico, o seu organismo começará a adquirir resistência à insulina, uma vez que o corpo começa a produzir uma quantidade maior de insulina. A acumulação de gorduras torna-se cada vez maior e mais difícil de combater.

Assim, podemos diferenciar os diferentes tipos de alimentos pelo seu Índice Glicêmico (IG). A escala, indicada em porcentagens, tem por base o açúcar branco como valor de referência (100%), por ser a substância com IG mais elevado. Você deve privilegiar os alimentos de baixo IG, em detrimento de alimentos com elevado IG.

Confira alguns valores de referência dos Índices Glicêmicos:
 
100% – Açúcar branco;
80-90% – Flocos de milho, cenoura, arroz branco, puré de batata, pão branco, maltose e mel;
70-79% – Pão integral, arroz branco cozido;
60-69% – Arroz integral, biscoitos, banana, passas;
50-59% – Milho cozido, biscoitos de aveia, ervilha, aveia, granola, batata frita;
40-49% – Batata-doce, laranja, suco de laranja, feijão cozido;
30-39% – Maçã, leite integral, leite desnatado, iogurte, sopa de tomate;
20-29% – Lentilhas, leguminosas, fruta;
10-19% – Soja, amendoim.
 
Isto não quer dizer que você deve se alimentar exclusivamente de alimentos de baixo IG, mas que mantenha uma dieta equilibrada, consumindo moderadamente alimentos com índices glicêmicos maiores.

Escrito por

Advertisement

Últimas Noticias

Nutrição

O equilíbrio ajuda a manter esse tipo de alimento na dieta balanceada

Nutrição

São alimentos que precisam ser consumidos com moderação

Nutrição

Ambas bebidas podem oferecer alto teor de açúcar

Emagrecimento

Muitos profissionais dizem que é impossível dizer qual que se sobressai

Nutrição

Veja como algumas simples opções naturais podem promover um bom efeito anabólico no corpo

Treinos

O intuito desse conjunto de dicas é evitar que algumas falhas passam despercebidas

Advertisement

Você também vai gostar