Funcional Fight: aula promete deixar o corpo definido e “sequinho”

Conheça a atividade que mistura exercícios funcionais com movimentos de luta

funcional fight
Foto: Nataly Paschoal

Se você está em busca de uma aula nada monótona e que tenha alta queima calórica, o Funcional Fight pode ser uma opção. Criada pelo ex-lutador de MMA Eduardo Munra, faixa-preta em Jiut-jitsu, o conceito da aula consiste na combinação entre lutas e treinamento funcional.

Segundo o coach Luigi Mario Souza, o Funcional Fight é recomendado para quem deseja perder peso e deseja ter uma definição muscular. “Não é para ganhar massa muscular, é para ficar mais ‘seca’ e ‘fininha'”, explica o professor da Spin’n Soul.

A aula que fizemos durou cerca de 55 minutos. Ela foi dividida em aquecimento, com exercícios para dar aquela “acordada” no corpo, depois vieram alguns mais pesados no estilo funcional. Mas, a suadeira estava apenas começando, pois os movimentos de luta vieram em seguida. E já dá para imaginar que o bicho pegou mesmo!

O coach Luigi montou “estações” para fazermos alguns golpes com luvas. Essa parte da aula de Funcional Fight realmente é muito boa para descarregar todas as energias. Além de trabalhar o corpo, a aula consegue esvaziar a cabeça. Então se você quer se exercitar de forma pesada em relação ao corpo e de maneira leve em relação à mente, pode com certeza se participar da Funcional Fight.

https://www.instagram.com/p/BjNNYOrFDot/

Outro ponto positivo da aula é que não é preciso ter tido contato com lutas anteriormente. A forma como ela é montada é bem fácil de acompanhar e consegue colocar em prática várias funções, como equilíbrio, resistência e outras, porém no nível que você quiser dar aos exercícios.

Então se você quer definição, perda de peso e até fortalecimento abdominal, melhora na postura e autoestima, não deixe de experimentar o Funcional Fight!

Serviço:
Spin’n Soul Jardins
Rua Estados Unidos, 1615 – Jardins
Telefone: (11) 3060-8584

Gostou de conhecer o Funcional Fight? Então não deixe de nos acompanhar nas redes sociais para saber mais sobre saúde e esporte. InstagramFacebook e Twitter.

Os comentários estão desativados.

Recomendadas para você