7 alimentos que vão te deixar bem animado

Através de uma alimentação estratégica, você consegue melhorar sua disposição, acabar com o cansaço e até mesmo com o desânimo

7 alimentos que vão te deixar animado mesmo preso em casa
Foto: Shutterstock

O home office parece ter aumentando ainda mais as tarefas diárias que temos. Muitas vezes, falta energia para deixar tudo em ordem e manter a alta performance no trabalho, nos estudos, e inclusive, na rotina de treino e de autocuidado importantes para o bem-estar da mente e do corpo. Mas calma, que a alimentação certa pode te deixar mais animado!

A nutricionista Sthe Venturi, parceira da FIT FOOD, conta que existem alimentos que fornecem mais energia para o corpo, ao contrário de outros que geram fadiga e até mesmo bastante sono. “O alto consumo de açúcar e farinha branca com frequência, pode acarretar não só no aumento de peso, mas como também no rendimento”, conta.

Quer saber o que comer para ficar mais animado? Veja esses 7 alimentos!

1 – Folhas verdes: além de serem pouco calóricas, folhas verdes são ricas em ferro, cálcio, fibras, magnésio e vitaminas, como A e C. “Ajudam a prevenir a anemia, que é uma das principais causas de fadiga”, diz Sthe. As folhas podem ser consumidas saladas, refogado quentinho ou até mesmo ser adicionadas em sucos. “Um exemplo é o suco verde normalmente feito com folhas de couve e frutas da preferência”, sugere.

2 – Guaraná: é um poderoso estimulante natural, por ser fonte de cafeína. Ajuda a manter o estado de alerta, reduzir o esgotamento físico e melhorar o ânimo e a disposição. “É possível comprar a polpa ou até mesmo comprar o guaraná em pó e adicionar em sucos e vitaminas. Uma ótima pedida de ser incluído no café da manhã, pois ajuda a começar o dia com tudo”, recomenda.

3 – Açaí: o açaí puro é rico em carboidratos (que dão ânimo), antioxidantes (que retardam o envelhecimento) e gorduras insaturadas (benéficas para o coração), também se destaca por ser fonte de vitaminas C, B1 e B2. “Mas não vale o açaí que encontramos facilmente por aí – cheio de açúcar, xarope de glicose ou xarope de guaraná e por aí vai”, alerta Sthe. Ela orienta comprar a polpa de açaí, ver se não contém açúcar no rótulo e bater com iogurte ou como um suco mesmo.

4 – Oleaginosas: Nozes, amêndoas e castanhas são excelentes fontes de gorduras insaturadas, que fazem bem ao sistema cardiovascular, e minerais, como o selênio. “Auxiliam na redução do estresse, melhoram a memória e aumentam a sensação de disposição e foco”, conta a nutricionista. Por isso, a recomendação é comer como lanchinhos intermediários ou até mesmo triturá-las e consumir como uma “farinha” por cima de frutas.

5 – Peixes: São ricos em ômega 3, como a sardinha, o arenque, o salmão e o atum. “O ômega 3 recebe este sufixo por ser formado por três ácidos graxos, as siglas são: EPA, DHA, e ALA. As substâncias que exercem as funções mais conhecidas do ômega-3 são o EPA e o DHA. O EPA apresenta ação anti-inflamatória, seus principais benefícios estão relacionados à saúde cardiovascular e problemas circulatórios. E o DHA é um ótimo combustível para o cérebro, então está associado mais a capacidades cognitiva e neuronal”, explica.

6 – Chá verde: Fonte de cafeína, é considerada termogênica, ou seja, ajuda a acelerar o metabolismo, contribuindo para a maior queima calórica, e te manter animado. Pode tomar quente ou gelado e misturar com outras ervas para inovar no sabor.

7 – Gengibre: tem ação anti-inflamatória e antioxidantes. “A raiz melhora a digestão e auxilia no emagrecimento, pois ajuda a manter o metabolismo acelerado e fornece mais disposição”, conta a nutricionista.

Os comentários estão desativados.

Recomendadas para você