Connect with us

O que você está procurando?

Busca

Esporte

André Baran lembra de parceria com Guga: “Algo que sempre sonhei”

O atleta de 32 anos ostenta o status de referência do Beach Tennis brasileiro e internacional

André Baran
André Baran em partida de Beach Tennis. Foto: Maurício Nunes

André Baran ocupa o primeiro lugar do ranking nacional e a quinta colocação do ITF (Federação Internacional de Tênis). O catarinense de Brusque desfruta desse prestígio no Beach Tennis, mas o que muitos não sabem é que André já jogou tênis. Sim! Baran iniciou nas quadras e em entrevista exclusiva para o Sport Life lembrou de sua parceria com Gustavo Kuerten, o Guga.

Passado do Baran ao lado Guga

“Foi um dos momentos mais marcantes da minha vida no Tênis. Eu era muito jovem e quando recebi essa notícia até fiquei em choque. Foi algo que sempre sonhei, mas não imaginava que podia ter acontecido pela minha idade e a do Guga. Poder ter feito a despedida dele realmente foi muito especial. Um ídolo e pessoa que admiro. Eu nunca vou esquecer daquele momento e serei grato para sempre”, disse.

Esse momento citado por André Baran foi o Brasil Open da temporada de 2008 na Costa do Sauípe (BA). Essa época denotou a turnê de despedida de Kuerten do tênis e na ocasião perdeu na chave de duplas juntamente com Baran para os italianos Fabio Fognini e Filippo Volandri por 2 sets a 0, com as parciais de parciais de 6/3 e 6/3.

Inclusive, outra semelhança dessa trajetória de Guga com Baran no tênis está relacionada ao comando técnico, ou seja, ambos foram treinados por Larri Passos. A diferença é que André viveu tempo curto no tênis e sem nenhum outro feito expressivo migrou para o mundo corporativo.

Mudança para o Beach Tennis

O “boom” do beach tennis por todo país resgatou aquela vontade de André, que a partir daí tornou-se adepto da modalidade, resgatou a sua rotina de treinamentos e a sua consolidação surgiu no ano de 2019 quando “agarrou” o seu primeiro título do ITF em Balneário Piçarras (SC).

“A minha adaptação não foi fácil. Comecei já no profissional, mas obviamente nos níveis regionais e estaduais e fui evoluindo. A minha grande dificuldade principalmente por ser há sete anos foi buscar informações sobre o esporte. Onde na época era muito difícil porque não haviam tantos jogadores quanto coisas na internet”, recordou.

Sequência de André Baran na areia

Essa conquista permitiu a sua parceria com também tenista de praia Vini Font, atual 13° do ranking do ITF, que rendeu mais de dez títulos com direito a uma edição do Pan-Americano e duas edições da Copa do Mundo pela Seleção Brasileira. Dois anos depois esse vínculo foi desfeito, mas com direito a “TBT” no ano de 2022.

O seu primeiro título neste ano foi o da FMT (Federação Mineira de Tênis e Beach Tennis), no Praia Clube, em Uberlândia (MG), em 26 de fevereiro, ao lado de Felipe Roman (26° do ITF), com as parciais de 6/3 x 6/3 em cima da dupla Antonio Tremura (67° do ITF) e Douglas Collani (79° do ITF).

“2023 com certeza vai ser a temporada de muitos torneios e vai encontrar o André na melhor versão preparado para dar o melhor em quadra. Quem me acompanha nas minhas redes sociais ou no dia a dia sabe o quanto trabalho duro e tenho inspirado as pessoas também. Eu tenho certeza que será um ano vitorioso e de muitas conquistas”, concluiu.

Dados

O beach tennis não impactou apenas na vida do Baran, isto é, atrai praticantes diariamente. O levantamento da ITF acusou que a prática desse esporte em território brasileiro aumentou em 12% de janeiro até abril de 2022. A própria federação internacional citou que o Brasil é a segunda maior potência e “perde” para Itália.

A CBBT (Confederação Brasileira de Beach Tennis) informou que há mais de 200 mil jogadores inscritos no Brasil e que promove o trabalho em conjunto com as federações dos Estados do Amazonas, Bahia, Espírito Santo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Goiás, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Paraíba, São Paulo e Pernambuco.

Escrito por

Advertisement

Últimas Noticias

Nutrição

Essa fruta costuma estar no cardápio de uma pessoa que quer emagrecer

Nutrição

É mais uma boa opção para quem quer emagrecer

Nutrição

Consumo que traz efeitos satisfatórios em longo prazo

Treinos

Esse tema está sujeito a novos desdobramentos

Nutrição

Outra tese para reforçar a preocupação na hora de "petiscar"

Saúde

Lembre-se que a paciência impacta na conquista de resultados

Advertisement

Você também vai gostar

Nutrição

Essa fruta costuma estar no cardápio de uma pessoa que quer emagrecer

Nutrição

É mais uma boa opção para quem quer emagrecer

Nutrição

Consumo que traz efeitos satisfatórios em longo prazo

Treinos

Esse tema está sujeito a novos desdobramentos