Beterraba: 6 benefícios do alimento que aumenta a força muscular

Do aumento da imunidade ao ganho de performance nos treinos, conheça as vantagens de incluí-la na dieta

Beterraba
Beterraba / Foto: Shutterstock

Grande conhecida dos brasileiros, a beterraba se destaca por sua versatilidade e incríveis benefícios para a saúde. Seja para fortalecer a imunidade, dar um gás nos treinos ou até mesmo manter o cérebro saudável durante o envelhecimento, esta hortaliça é indispensável em uma dieta nutritiva.

Por que ela é tão poderosa?

A beterraba é composta por ingredientes ricos e bastante nutritivos, os grandes responsáveis pelos benefícios mágicos da hortaliça. Sua cor forte e escura é causada pela presença de betalaínas, pigmentos com alto poder antioxidante.

Ela também é rica em nitrato natural que, em contato com a boca, se transforma em nitrito e, na sequência, em óxido nítrico, uma molécula com fortes efeitos positivos em nosso corpo. Dentre eles, o aumento no fluxo sanguíneo para vários órgãos, agindo como um vasodilatador e diminuindo a pressão arterial. O óxido nítrico pode causar também um efeito afrodisíaco

Além disso, a beterraba é rica em vitamina A, B, C e minerais como sódio, potássio e zinco. Ela possui ainda outras substâncias como o betacaroteno. Confira os principais benefícios garantidos por essa poderosa união de ingredientes:

  1. Dá mais força durante os treinos e reduz a fadiga muscular, melhorando a performance das práticas esportivas (ideal para o pré-treino);
  2. Reduz a pressão arterial;
  3. Melhora a melanina, eleva a hidratação da pele e estimula o bronzeado;
  4. Fortalece o sistema imunológico;
  5. Combate o envelhecimento precoce;
  6. Estimula a cognição e mantém a saúde do cérebro.

A melhor forma de consumir beterraba

Os benefícios da beterraba não acabam por aí. Além de aliada da nossa saúde, ela é também bastante versátil na cozinha. Na forma de suco a hortaliça é mais poderosa, já que o processo de cozimento promove a perda de alguns nutrientes. Porém, em qualquer receita ela é pouco calórica: 100g de beterraba crua contém, em média, 48,8 calorias; se estiver cozida, possui cerca de 32 calorias.

Portadores de diabetes devem consumir beterraba com moderação, pois é um alimento com alto teor de carboidrato do qual se extrai açúcar. Pacientes renais e com formação de cálculos devem evitá-la quando estiverem em crise renal.

Os comentários estão desativados.

Recomendadas para você