Como dormir melhor? Atividade física pode ser a solução

Estudos revelam indícios de que a prática regular de exercícios consegue melhorar a qualidade do sono

Como dormir melhor
Como dormir melhor / Foto: Shutterstock

Como dormir melhor? Essa pergunta parece ser cada vez mais frequente entre as pessoas. Um claro indício de que a falta de sono é um problema recorrente na sociedade. De acordo com uma pesquisa divulgada pelo Instituto do Sono, em São Paulo, a dificuldade de dormir tem afetado quase 70% dos brasileiros na pandemia.

Mas, segundo um estudo realizado pelo Johns Hopkins Center for Sleep, no Howard County General Hospital, nos Estados Unidos, pessoas que praticaram pelo menos 30 minutos de exercícios moderados notaram diferença na qualidade do sono, no mesmo dia em que praticaram atividade física.

Portanto, se você quer saber como dormir melhor, o primeiro passo pode ser abandonar o sedentarismo. “Atividade física é fundamental para a saúde de uma forma geral, como todos sabem, tanto para a mente, quanto para o físico. Como médico, reforço a importância da prática de exercícios físicos regularmente. Além disso, já sabemos da melhora em índices glicêmicos, metabolismo, pressão arterial, bom humor diário, entre diversos outros fatores”, reforça o Dr. Rodrigo Pedrosa, cardiologista, médico do sono e coordenador do Laboratório do Sono do PROCAPE da Universidade de Pernambuco.

Segundo o especialista, um outro estudo – publicado pela Biblioteca Nacional de Medicina dos Estados Unidos – observou os efeitos do exercício físico na composição corporal de pacientes com apneia do sono e descobriu uma melhora do percentual de gordura, da massa corporal total e da circunferência do pescoço. Algo fundamental para diminuir a severidade da apneia.

No entanto, em casos mais graves de apneia do sono não basta saber como dormir melhor e apostar todas as fichas apenas na prática de exercícios regulares. É importante que o paciente procure tratamento médico especializado para evitar possíveis complicações.

Mas, afinal, como saber se o seu caso merece mais cuidado? Segundo o Dr. Pedrosa, a recomendação é ter atenção com os seguintes sintomas relacionados à qualidade do sono:

  • Ronco;
  • Cansaço diurno constante;
  • Dificuldade de concentração;
  • Dores de cabeça matinais;
  • Humor depressivo;
  • Falta de energia;
  • Esquecimento;
  • Hábito constante de acordar para ir ao banheiro.

Entender como dormir melhor, seja com a prática de exercícios regulares ou através de um tratamento médico mais robusto é fundamental para ter uma boa qualidade de vida. “Afinal, ao dormir, as pessoas não estão apenas repousando, o organismo também está metabolicamente ativo e uma série de hormônios importantes para a saúde estão sendo produzidos”, finaliza o Dr. Pedrosa.

Os comentários estão desativados.

Recomendadas para você