Connect with us

O que você está procurando?

Busca

Esporte

Esporte para crianças: especialistas explicam o que é ideal

Saber controlar o ritmo do exercício físico ajuda a criança a evitar danos para sua saúde

Crianças
Crianças - Shutterstock

A maioria considera a infância como a melhor época da vida. É o momento em que a única preocupação está com desempenho escolar e as obrigações financeiras são inexistentes. Tempo que ainda ajuda no desenvolvimento de um menor de idade. Nesse sentido, os profissionais da saúde Dr. Eduardo Takimoto e Dra. Caroline Sayumi sugerem o esporte para o bem-estar de crianças.

A visão do médico

“A criança precisa de uma frequência mínima de duas a três vezes por semana. É necessário tentar não coincidir a prática esportiva extra com a regular (educação física) na escola para evitar o excesso de atividade física. A intensidade de cada dia de prática esportiva também pode limitar a frequência semanal dos treinos para evitar excesso ou ‘over training’”, disse com exclusividade para o Sport Life o ortopedista pediátrico do Hospital Santa Catarina – Paulista Dr. Eduardo Takimoto.

Outra questão abordada com o doutor Eduardo foi a criança PcD (Pessoa com deficiência). Esse ortopedista pediátrico destacou que um menino (a) nessa condição precisa ser avaliado antes de se movimentar de forma segura e que há vários esportes disponíveis para esse público.

“A criança com necessidade especial tem que ser avaliada por ortopedista pediátrico para determinar limitações e necessidades de cada criança. Estabelecidos os objetivos da atividade física, existe uma gama grande de possibilidades, vide as modalidades paraolímpicas, que são inúmeras”, argumentou Takimoto.

Esse médico ainda citou que alimentação infantil deve ser equilibrada em prol do rendimento esportivo, que o jejum prolongado antes do “play” deve ser evitado e que o consumo de suplementos energéticos normalmente não é necessário em caso de refeições leves.

O olhar da psicologia

Não basta impor rotina de treino para o filho, ou seja, é necessário convencê-lo da necessidade nessa etapa da vida. A psicóloga do Hospital Santa Catarina – Paulista Dra. Caroline Sayumi elencou em contato com Sport Life os impactos do esporte na infância.

“Entendo que o esporte seja mais uma ferramenta que tende a estimular o desenvolvimento emocional, físico, cognitivo e social da criança. Quando a criança está inscrita em uma turma específica de algum esporte, há a possibilidade de ter uma rotina que é organizadora com colegas e professores conhecidos, que facilitam a construção de vínculo e a adaptação. A criança tem uma previsibilidade que toda terça tem natação, por exemplo”, disse.

“Atividades como meditação, yoga, ballet que exigem concentração, foco e técnicas de respiração convidam a buscar a calma, controlar a agitação e estar no momento ali presente. No entanto, independente de um esporte especifico, a oferta de um espaço em si para movimentar-se estimula o gasto de energia e a regulação do metabolismo. Sendo assim, torna-se provável promover estado de bem estar e calmaria ao retornar para a casa e rotina”, respondeu.

Como convencer a criança a se exercitar?

“Os adultos (pais, avós, cuidadores, entre outros) e as instituições (escolas, igrejas, etc) podem explicar para criança os benefícios da realização do esporte através da conversa, usando recursos lúdicos como bonecos, bolas, usando o próprio exemplo como ir à academia, dançar, jogar futebol e, também, frente aos recursos audiovisuais como desenhos, jogos de futebol. Por exemplo: quando a criança vai para um parque e tem pessoas jogando em uma quadra de basquete”, encerrou Sayumi.

Pesquisa e dado

O trabalho de pesquisa da Universidade da Califórnia, dos Estados Unidos, divulgado em 2022, avaliou mais de 11 mil voluntários. E, dessa maneira, definiu que os esportes coletivos fortalecem a saúde mental das crianças.

Além disso, a OMS (Organização Mundial de Saúde) manifestou que 78% das crianças e 84% dos adolescentes brasileiros não cumprem com o mínimo de exercício diário. Uma hora é a sugestão da OMS e que a pandemia do coronavírus potencializou o sedentarismo entre crianças e adolescentes.

Sabia que existem diferenças entre exercício e atividade físicas? Explicamos tudo no vídeo:

Imagens: Shutterstock
Escrito por

Advertisement

Últimas Noticias

Nutrição

O equilíbrio ajuda a manter esse tipo de alimento na dieta balanceada

Nutrição

São alimentos que precisam ser consumidos com moderação

Nutrição

Ambas bebidas podem oferecer alto teor de açúcar

Emagrecimento

Muitos profissionais dizem que é impossível dizer qual que se sobressai

Nutrição

Veja como algumas simples opções naturais podem promover um bom efeito anabólico no corpo

Treinos

O intuito desse conjunto de dicas é evitar que algumas falhas passam despercebidas

Advertisement

Você também vai gostar

Nutrição

O equilíbrio ajuda a manter esse tipo de alimento na dieta balanceada

Nutrição

São alimentos que precisam ser consumidos com moderação

Nutrição

Ambas bebidas podem oferecer alto teor de açúcar

Emagrecimento

Muitos profissionais dizem que é impossível dizer qual que se sobressai