Connect with us

O que você está procurando?

Busca

Nutrição

Gengibre ajuda a emagrecer? Entenda os benefícios

É uma raiz comestível conhecida pelas suas propriedades descongestionantes

Gengibre
Gengibre - Shutterstock

Além de ser anti-inflamatório natural, o gengibre pode aumentar a imunidade, por isso tem utilidade tanto na medicina quanto na gastronomia. Fatos que ainda deixam dúvidas para muitas pessoas devido aos seus diversos benefícios. Exemplo: como se deve consumir gengibre?

“O seu nome científico é “Zingiber Officinalis” e é uma raiz com gosto acentuado, que pode ser utilizada em sua forma natural, em pó, suplementos ou cápsulas. Usado de forma milenar na culinária e tomou o gosto popular pelas suas propriedades medicinais”, respondeu com exclusividade para o Sport Life o nutricionista da MedSculp Dr. Carlos Basualdo.

O consumo de gengibre com recomendações

O consumo do gengibre acontece tanto em receitas como na forma de pó e cápsulas, uso que traz “dor de cabeça”.

“É nesse formato (pó e cápsulas), que pode ‘morar’ um risco no consumo. Visto que as propriedades da raiz são muito concentradas e alguns efeitos colaterais podem ser observados”, acrescentou Basualdo.

Na raiz, torna-se opção para “turbinar” o sabor dos alimentos em forma de sucos e sopas. Ainda assim, há vantagens e desvantagens do gengibre para quem é adepto do exercício físico diário.

“Tem um paladar adstringente (limpa a garganta e abre vias aéreas), o que ajuda muito para quem treina pesado. Porém, seu efeito ‘queimador’ de gordura não tem comprovação científica como dizem por aí. A ideia do uso é melhorar a digestão, respiração e sabor”, detalhou o nutricionista.

As demais curiosidades sobre o gengibre

Os estudos mencionam que o impacto desse alimento está concentrado na raiz e não em cápsulas e suplementos. Dessa forma, diversos pesquisadores relataram a função anticoagulante, anti-inflamatória, analgésica e, também, efeitos contra febre e espasmos, principalmente nas cólicas intestinais.

“É uma ótima opção para enriquecer o sabor da comida, porém muitas pessoas relatam não terem uma boa digestão desse alimento, relatando dores gástricas e sensibilidade intestinal com o consumo. Fique atento”, alertou o profissional.

O gengibre pode ser consumido cru, mas em pó ou em cápsulas apenas com prescrição de um médico ou nutricionista. “Visto que por suas ações medicinais, o gengibre pode interagir com os medicamentos em forma concentrada e causar dores gástricas e sensibilidade intestinal com o consumo”, acrescentou Carlos.

Procede que o gengibre eleva a pressão?

“Isso acaba sendo comprovado cientificamente. O que pode ocorrer é a regulação da pressão por componentes no gengibre chamados gingerol, zingerona e paradol por suas propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes potentes. Essas agem no relaxamento dos vasos sanguíneos.

No entanto, o uso por pessoas com hipertensão deve ser bem cauteloso, pois apesar desses componentes auxiliarem no fluxo sanguíneo, podem interagir com medicamentos usados para controlar a pressão e podem também interagir com agentes anticoagulantes, o que atrapalha o tratamento da hipertensão e de Cardiologia em geral.

Sendo assim, o consumo pequeno em chás e preparações leves não causará grandes males, porém o uso em pó e cápsulas apenas com prescrição de profissional habilitado e acompanhamento”, concluiu o Dr. Carlos Basualdo.

Escrito por

Advertisement

Últimas Noticias

Nutrição

Saiba a quantidade mínima ideal para conseguir manter um padrão saudável

Nutrição

Endocrinologista explica que apostar nessas opções pode ajudar a emagrecer

Nutrição

Ainda assim, não esqueça que esse suplemento não é milagroso

Nutrição

A dieta equilibrada não deixa de ser fundamental nesta época

Nutrição

Fruto que ajuda na melhora do desempenho físico

Nutrição

Essa condição denota o "terror" do público da terceira idade

Advertisement

Você também vai gostar

Nutrição

Saiba a quantidade mínima ideal para conseguir manter um padrão saudável

Nutrição

Endocrinologista explica que apostar nessas opções pode ajudar a emagrecer

Nutrição

Ainda assim, não esqueça que esse suplemento não é milagroso

Nutrição

A dieta equilibrada não deixa de ser fundamental nesta época