Leite vegetal une boa digestão e gorduras ‘do bem’

Menos menos alergênico, rico em nutrientes e com bastante sabor: o leite vegetal é ótima opção para quem não pode com a lactose

Leite vegetal une boa digestão e gorduras 'do bem'
Foto: Shutterstock

O leite vegetal surgiu como alternativa para as pessoas que sofrem com a intolerância à lactose ou para as que optam por excluir esse tipo de açúcar.

Contudo, suas vantagens vão muito além disso. O leite vegetal garante uma rápida absorção de nutrientes e de sua função antioxidante, que proporcionam a sensação de saciedade e energia ao corpo. Eles também são ricos em gorduras mono e poli-insaturadas, conhecidas como gorduras ‘do bem’.

O leite vegetal, bem como o de vaca, também possuem micronutrientes, porém suas proteínas são menos alergênicas, o que garante uma digestão melhor e mais rápida. E, para quem se preocupa com a obtenção de cálcio, abundante no leite animal e essencial na alimentação, pode buscá-lo aumentando o consumo de brócolis, couve, repolho, espinafre, gergelim e queijo de soja, que a necessidade será suprida.

O leite de vaca contém muitas proteínas, mas pode provocar a intolerância à lactose, até mesmo em pequena escala, algo que não acontece com o vegetal. Diarréia, dores abdominais, cólicas, refluxo, reações alérgicas na pele e até mesmo dificuldade em perder peso são alguns dos sintomas da alergia, e essa é a grande razão de cada vez mais dietas excluírem a lactose. Mesmo fraca, qualquer reação à proteína do leite pode dificultar a absorção de nutrientes e a digestão.

O leite vegetal pode ser consumidos por qualquer pessoa e substitutos em receitas, mas cuidado: embora sejam de rápida absorção, também são calóricos e ricos em gorduras que, mesmo boas, também podem engordar.

Nutritivo e gostoso, o leite vegetal podem produzidos pela aveia, do coco, das amêndoas e até mesmo do inhame. As receitas estão aqui na Sport Life.

O leite vegetal é recomendado para todos que desejam diminuir o consumo de proteína animal. Eles podem ser tomados puros ou adoçados com mel, açúcar, mascavo ou agave. Por fim, ainda podem ser substitutos nas receitas de bolos.

Os comentários estão desativados.

Recomendadas para você