Mr. Olympia 2021: com Francielle Mattos campeã, Brasil leva ouro, prata e bronze

Categoria Wellness é dominada por brasileiras. País também tem destaque inédito em disputas masculinas; confira

Olympia
Foto: Instagram – @musclecontestinternational

O Mr. Olympia – maior competição de fisiculturismo do mundo – teve, em 2021, a melhor participação brasileira da história. Ao todo foram 23 atletas em sete dos 11 torneios em disputa. Destaque para a categoria Wellness, que teve as brasileiras Francielle Mattos na primeira posição, Ângela Borges na segunda, Isabelle Nunes na terceira e Júlia Chitarra na quinta.

As mulheres brasileiras também roubaram a cena do Mr. Olympia 2021 em outras categorias. Natália Coelho foi vice-campeã da Women’s Physique e Elisa Pecini quinta colocada da categoria Bikini.

Entre os homens, Lucas Coelho, da categoria 212, iniciou as disputas e, apesar de um ótimo físico apresentado, não ficou entre os dez finalistas. Na Classic Physique, o acreano Ramon Queiroz, também conhecido como Dino, surpreendeu o Olympia inteiro e, na sua segunda competição profissional, conseguiu a quinta colocação da categoria – melhor resultado da história do Brasil. O outro brasileiro, Gabriel Zancanelli, demonstrou um ótimo trabalho, mas não conseguiu ficar entre os dez melhores do mundo.

E, na categoria Mens Physique, mais uma incrível surpresa para o Brasil. O atleta Diogo Montenegro, após dois anos sem conseguir se classificar para o Olympia, apresentou aquele que, talvez, tenha sido o melhor físico de sua brilhante carreira. Suficiente para garantir a terceira posição da categoria – mais um feito inédito para o Brasil. Carlos de Oliveira, também conhecido como Caike, chegou a disputar sua terceira final, mas não se classificou entre os cinco melhores.

A categoria mais tradicional do Mr. Olympia, no entanto, é a Open Bodybuilding. O grande campeão da noite foi, mais uma vez, o egípcio Mamdouh Elssbiay, também conhecido como Big Ramy. O carismático e gigantesco atleta também foi campeão em 2020.

A próxima edição do Mr. Olympia acontecerá apenas em 2022. Após o excelente resultado dos atletas brasileiros em Orlando, a expectativa por novos pódios e títulos, agora, será ainda maior.

Os comentários estão desativados.

Recomendadas para você