Connect with us

O que você está procurando?

Busca

Jennifer de Paula

Nocaute na depressão: como a atividade física transforma vidas

Daylon Martineli conseguiu, através das aulas de defesa social, melhorar a condição mental e dar um verdadeiro ‘nocaute’ no baixo astral

Nocaute na depressão: como a atividade física transforma vidas
Foto: Shutterstock

Não é segredo para ninguém que as atividades físicas trazem uma série de benefícios para a saúde física e mental. Seja qual for a modalidade desenvolvida, quem as realiza deseja superar diversos obstáculos, por exemplo, dar um ‘nocaute’ no sedentarismo e melhorar o quadro clínico de saúde.

Porém, quando se fala do ponto de vista mental, diversos especialistas já demonstraram como os exercícios físicos permitem a liberação de hormônios que trazem aquela sensação de bem-estar e satisfação pessoal, inclusive ajudando a superar situações onde a pessoa precisa urgentemente de uma ajuda.

Foi o que aconteceu com o ator e influenciador digital, Daylon Martineli. Diante de um cenário onde era vítima de ataques físicos e mentais, ele resolveu usar as aulas de defesa pessoal para extravasar as tensões causadas pelos ataques na web e melhorar sua condição mental. “A endorfina liberada com a atividade física é o hormônio responsável por promover a sensação de recompensa e bem-estar. Sua liberação acontece quando há um sentimento de prazer ligado à atividade física, gerando alívio e relaxamento. As catecolaminas são responsáveis pelo aumento da taxa metabólica, liberando glicose e ácidos graxos no sangue”.

Ele recorda como surgiram estas críticas: “Por usar a bandeira LGBTQIA+ nas redes sociais, sou constantemente atacado com críticas homofóbicas”. Para piorar, as agressões provocaram tantos efeitos pesados sobre o jovem que até o levaram a uma profunda depressão.

Com ajuda de um profissional especializado, Daylon encontrou no esporte a melhor forma de dar um ‘nocaute’ em tal adversidade. “Isso foi fundamental para recuperar minha disciplina, confiança e preparo físico. Foi o primeiro contato que tive de fato com a prática esportiva. Antes disso, já havia feito apenas dança antes, em uma escola de atores, mas apenas para atuar no teatro musical e nada além disso”, destaca.

Por outro lado, é importante observar que as aulas de defesa social requerem uma série de fatores, e não é tão simples quanto parece, revela Daylon: “Naquele primeiro momento, aprendi os passos lentos, o déby, direto, o caminhar no ringue, as posições de boxe, a movimentação lateral, saída e entrada de golpe, a pular corda, dentre outros aspectos”. Ele detalha ainda que atualmente pratica o boxe todos os dias, com uma carga horária de duas horas diárias, e que “essas aulas ajudaram a curar plenamente todos os distúrbios psicológicos que passei”, completa.

Escrito por

Advertisement

Últimas Noticias

Nutrição

O equilíbrio ajuda a manter esse tipo de alimento na dieta balanceada

Nutrição

São alimentos que precisam ser consumidos com moderação

Nutrição

Ambas bebidas podem oferecer alto teor de açúcar

Emagrecimento

Muitos profissionais dizem que é impossível dizer qual que se sobressai

Nutrição

Veja como algumas simples opções naturais podem promover um bom efeito anabólico no corpo

Treinos

O intuito desse conjunto de dicas é evitar que algumas falhas passam despercebidas

Advertisement

Você também vai gostar

Treinos

Rotina de exercícios com acompanhamento médico é fundamental

Treinos

Essa explicação ajuda a guiar na hora de definir os objetivos

Saúde

Esse conceito é baseado na reação de uma pessoa diante das exigências da vida

Saúde

Pesquisa revelou que 53% da população brasileira não realiza atividade física regular