Connect with us

O que você está procurando?

Nutrição

Qual o momento de tomar whey protein? Suplemento não é “pó mágico”

É só definir o seu objetivo para que o consumo desse suplemento seja feito de forma consciente

Whey protein
Whey protein - Shutterstock

Whey protein é um “queridinho” de quem mantém vida física ativa, ou seja, um suplemento que costuma ser indicado por muitos especialistas para benefícios de saúde. Ainda assim, cada auxílio é importante para que ninguém seja surpreendido negativamente. Veja na sequência, que o whey protein não é “pó mágico” e qual a hora certa de começar a tomar.

Entenda o que é o whey protein

“Whey protein é um suplemento alimentar, que tem por objetivo trazer ao nosso corpo nutrientes e componentes ao funcionamento do nosso organismo de forma a complementar a alimentação. Todas as pessoas, independente de treinar ou não, podem ter dificuldades de ingerir a quantidade de proteínas necessárias para seu dia. O Whey protein é um grande aliado para que consigamos bater nossa meta proteica”, explicou com exclusividade para o Sport Life o nutrólogo da MedSculp Dr. Gilmar Francisco.

Apesar da sua vantagem, é impossível definir qual é a quantidade ideal de whey protein para um sujeito. Deve-se levar em consideração a meta, se uma pessoa cumpre com a rotina de exercícios, metabolismo basal e uma série de fatores. A avaliação é o que define a ingestão correta para um certo alguém.

“Pode ter indicação para qualquer pessoa. O que compõe geralmente o whey protein é o soro do leite, que concentrado em certa quantidade de proteína tem capacidade de substituir, por exemplo: uma certa quantidade de frango, carne de vaca e ovos. Uma opção que é bem-vinda no dia a dia pela sua praticidade”, explicou em contato com a reportagem do Sport Life o nutricionista esportivo Dr. Henrique Spessotto.

Gilmar também ponderou sobre uma possível “salada” de suplementos. “Não tem nenhum problema misturar o whey e a creatina, mas precisa repensar essa suplementação de whey com a albumina, pois não faz muito sentido”, alertou o nutrólogo.

Restrições do consumo de whey protein

Esse suplemento não é indicado somente para pessoas que são doentes renais. “Acaba que pode vir a sobrecarregar o rim. Não há nenhum problema para quem não tem a doença”, admitiu Henrique.

Outro cuidado é para quem lida com intolerância à lactose, isto é, o consumo “aleatório” pode causar diarreia ou desconforto intestinal. Nesse caso, a sugestão para quem tem essa intolerância é tomar o whey protein isolado, que dispõe de alto valor biológico graças ao soro do leite.

Versátil e constatação de qualidade

Um suplemento utilizado na hora da vitamina, com iogurtes, frutas, leite e caldas para bolos fitness. Portanto, opções não faltam para adaptar o whey protein ao seu gosto.

Os ingredientes e a tabela nutricional acusam se um modelo de whey protein é de qualidade. O soro do leite em quantidade significativa, que costuma estar em primeiro lugar na tabela nutricional, também é outro indício do impacto positivo do produto.

“Geralmente, um whey protein de qualidade na sua porção vai ter em torno de 80% de proteínas e se for um isolado, geralmente, é até mais em quantidade. A partir de 80%, um whey protein apresenta boa qualidade. Nós temos que prestar atenção na tabela nutricional, se vai ter mais proteína do que carboidrato. Se tiver mais carboidrato do que proteína, já deixa de ser um protein, mas sim um calórico”, explicou Henrique.

Vale a pena consumir o Whey protein antes ou depois do treino?

“Depende. O consumo pode ocorrer tanto antes quanto depois do treino. Antes do treino, o nosso corpo precisa de mais carboidrato do que de proteína. Para hipertrofia, é interessante antes do treino, mas dá para usar antes ou depois e dependendo da última refeição da pessoa”, orientou Spessotto.

As demais curiosidades e os estilos do whey protein

Não há nenhum modelo de whey protein que é capaz de aumentar a massa muscular ou emagrecer. Portanto, esse suplemento não está relacionado com esses objetivos citados anteriormente.

“Eu até brinco que o que faz ganhar massa muscular é treino. Se você comer tudo certo e não treinar, você não vai ganhar massa muscular. Em contrapartida, o que faz você perder gordura é a dieta. Mesmo se você não treinar e comer certo, provavelmente você vai perder gordura. Agora não há como você ganhar massa muscular se você não treinar”, concluiu o Dr. Henrique Spessotto.

O whey protein concentrado é a versão “popular”, deliciosa, contém lactose e gordura. Assim, até interfere na complementação nutricional, sendo sugerido para a maioria. O isolado, já mencionado antes, caracteriza-se pelo processo de separação, que retira carboidrato, gordura e mantém apenas a proteína.

O padrão hidrolisado é o “sofisticado”, ocasiona peptídeos de absorção instantânea e a sua ingestão se encaixa para pessoas que vivem com um problema de saúde, exemplo: doença renal.

Dado

A empresa do ramo de análise e consultoria da indústria “Mordor Intelligence” divulgou o seu levantamento, cuja acusação é de que o mercado brasileiro de Whey Protein cresça a 8% durante o período de 2020 até 2025. A empresa ainda cita que o Brasil responde por mais de 58,53% do mercado na América do Sul, porcentagem que o indica como principal mercado de proteína de soro de leite na região.

Escrito por

Advertisement

Últimas Noticias

Fitness

Treinador revela sequência para elevar o gasto calórico e fortalecer os músculos da barriga ao mesmo tempo

Nutrição

Aprenda a fazer pratos deliciosos para garantir a hipertrofia desde cedo

Nutrição

Outra tese que reforça que é possível comer bem de forma saudável

Saúde

Teste piloto já ajuda quem quer abandonar esse vício

Saúde

Problemas com a saúde respiratória tornam-se comuns nesta época

Nutrição

É o plano alimentar que alterna entre dias com baixo e alto teor de carboidratos

Advertisement

Você também vai gostar

Nutrição

Aprenda a fazer pratos deliciosos para garantir a hipertrofia desde cedo

Nutrição

Outra tese que reforça que é possível comer bem de forma saudável

Saúde

Teste piloto já ajuda quem quer abandonar esse vício

Saúde

Problemas com a saúde respiratória tornam-se comuns nesta época