Como a prática de esportes pode melhorar sua performance no trabalho

Além de eliminar o sedentarismo e o burnout, praticar atividade física pode alavancar sua performance corporativa e melhorar resultados

Como a prática de esportes pode melhorar sua performance no trabalho
Como a prática de esportes pode melhorar sua performance no trabalho / Foto: Shutterstock

A prática de esportes exige disciplina, dedicação e comprometimento. Assim também é a vida corporativa. Essas semelhanças fazem da atividade física um fator chave para melhorar a performance no trabalho, mesmo que isso tenha pouco a ver com sua área de atuação. Afinal, em qualquer profissão é preciso ter foco e desenvoltura.

Existem muitas lições e aprendizados que profissionais de outras áreas podem absorver com o esporte, como defende Bill Boulding, reitor da Duke’s Fuqua School of Business (EUA). De acordo com ele, esses ensinamentos podem auxiliar as empresas a superarem grandes dificuldades.

Infelizmente, adotar essa filosofia pode ser um desafio no Brasil. Isso porque o país vem enfrentando uma onda de sedentarismo. Com 47% dos brasileiros sedentários, de acordo com o IBGE, o Brasil é considerado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) o mais sedentário da América Latina. 

A população brasileira tem enfrentado também uma ‘epidemia’ de burnout. Classificado como doença ocupacional em 2021, o burnout pode ser descrito como “estresse crônico de trabalho que não foi administrado com sucesso”. Diante desse cenário, a prática de esportes é uma grande aliada para evitar os dois problemas.

A médica  Dra. Flávia Oliveira reforça que “a atividade física praticada de forma regular é um dos pilares para se atingir mais foco, organização e melhores resultados em diversas áreas da vida”.

O treinador e campeão mundial de aquathlon Ademir Paulino destaca que, para uma boa performance, seja nos esportes, na arte ou no trabalho, é preciso desenvolver as mesmas habilidades.  “Consciência de onde se quer chegar e constância na prática da atividade, por exemplo, são capacidades superimportantes para que cada um consiga performance em seu potencial máximo”, afirma.

Lições do esporte que melhoram sua performance no trabalho

Há ensinamentos da prática esportiva que valem para toda a vida, mas causam um impacto especial na área corporativa.  Especialistas exemplificam o que pode ser aprendido durante os treinos e competições e, posteriormente, ser aplicado no ambiente de trabalho.

Senso de coletividade. Bill Boulding diz que para ter um time de sucesso é necessário que todos os membros estejam em plena sintonia, buscando o mesmo objetivo e cientes das funções de cada um. Essas são percepções que se encaixam perfeitamente no mundo corporativo, onde todos precisam se sentir parte no negócio e identificados com o propósito da marca.

Ganho de disposição. O diretor esportivo e treinador José Carlos Fernando destaca a intensa liberação de hormônios e a aceleração do metabolismo durante atividades físicas. Essas condições fazem a diferença no dia a dia, quando o profissional precisa se manter ativo e motivado.  “Quando a atividade é realizada pela manhã, essa disposição se transforma em força de trabalho que será desempenhada durante o dia”, aponta José Carlos.

Tomada de decisão. A prática de esportes mostra a importância de se manter emocionalmente equilibrado para tomar decisões rapidamente, algo que faz muita diferença no ambiente de trabalho. “Saber analisar o melhor das relações é um ótimo ensinamento do esporte”, comenta José Carlos.

Controle do ego. Em esportes de alto nível é possível perceber como o ego de um atleta consagrado pode deixar o time inteiro no meio do caminho em uma disputa esportiva. Em uma empresa isso não é diferente. Boulding explica que “a soma dos talentos, cada um tendo consciência de sua capacidade e de colocá-la a serviço do time, é que leva ao êxito de todos”.

Os comentários estão desativados.

Recomendadas para você