Overtraining: como evitar que seu corpo não se recupere

O sonho de um corpo perfeito pode resultar em um esforço além da conta. Porém, esse excesso acaba levando ao overtraining

Overtraining
Foto: Reprodução

O excesso de exercícios, aliado a falta do tempo de recuperação, é chamado de overtraining. Quando se faz mais atividades do que o corpo é capaz de aguentar para se recuperar, ele limita o ganho de força. Fatores como a alimentação errada e falta de sono também colaboram para que ela aconteça.

Se você tem algum desses sintomas: cansaço anormal, irritabilidade, perda de apetite e/ou de força, contusões e resfriados freqüentes ou insônia, fique esperto e leia nossas dicas para evitar o overtraining.

Treine menos: Não se sinta mal se você treinar um pouco menos, até uma hora por dia. Depois desse intervalo de tempo, os níveis de cortisol começam a subir e os de testosterona – o hormônio que, entre outras coisas, faz o músculo crescer – passam a cair. O excesso de atividades é o principal fator para o overtraining.

Cortar radicalmente a alimentação: Se você se alimenta de comida sem gordura, não come nada com açúcar ou pula uma refeição o tempo todo pode acabar se prejudicando. Pois, a preocupação excessiva com a ingestão de alimentos saudáveis é sintoma de um distúrbio (nada saudável) chamado ortorexia. Consulte um médico.

Sentir dores: Durante a ginástica, você se mata nos aparelhos até sentir dor, independentemente se está machucado ou não. Mas isso pode ser um sinal de overtraining. Se você está lesionado, não treine, ou em pouco tempo será obrigado a parar. E para sempre.

Resistência baixa e falta de sono: Você sente que o músculo está reclamando, ou então vêm as dores na articulação, dor de cabeça, baixa resistência e insônia. Você está sempre cansado e, provavelmente, como overtraining. Então, é hora de rever o modo como treina e começar a reservar dois dias na semana para se recuperar e descansar. Assim, seu orgamismo corpo usará este tempo para regressar ao estado normal e permitir que você volte a ter ganhos musculares e de performance.

Os comentários estão desativados.

Recomendadas para você