Skate: aprenda os movimentos básicos

O skatista profissional Edgard Vovô ensina o aprendizado dos fundamentos, posturas e movimentos básicos do skate. Bons treinos!

Skate: os principais movimentos
Aprenda os movimentos com Edgard Vovô

 

Skate: os principais movimentos

Aprenda os movimentos com Edgard Vovô

Equilíbrio
Primeiro, você deve aprender a se equi­librar sobre o skate. É preciso ganhar confiança quando estiver em cima dele. Coloque o pé da frente sobre os parafusos e o de trás em cima do tail. Isso dará a você, ao longo do tempo, confiança para se movimentar. Quem coloca o pé direito na frente é chamado de goofie e quem coloca o es­querdo, de regular. “Para saber com qual dos dois você se sente mais confortável, basta subir no skate pe­la primeira vez. Essa vai ser a forma como andará. Isso é natural”, diz Vo­vô.

Remada
É o que dá velocidade ao skate. Para movê-lo, você deve “chapar” o pé da frente sobre o skate, que funcionará como estabilizador do movimento, e o de trás agirá como um remo, quer dizer, impulsionará o skate para frente. Divida o peso do corpo entre as duas pernas e, em seguida, coloque o tronco para frente, empurrando o skate com o pé que está no chão. Os braços devem fazer um movimento pendular, que o ajudará a ganhar velocidade.

Breque
Para frear o skate, há duas opções. A primeira deve ser usada quando você estiver em baixa velocidade. Flexione a perna da frente e encoste o tail no chão. A segunda é para quando você está mais rápido: “É preciso colocar um dos pés no chão, para a freada ser mais brusca”, ensina Vovô.

Ollie
Um dos fundamentos básicos do skate (vertical e street), o ollie é base para uma série de manobras. O ollie é uma técnica de salto que permite ao ska­tista subir ou ultrapassar algum obs­táculo. Coloque o pé de trás na pon­ta do tail (mas não exageradamente), flexione os joelhos e “chute” a parte traseira do skate, fazendo com que o tail toque o chão. Com os bra­ços ergui­dos, salte no ar, deslize o pé da frente sobre o shape, esticando o joelho. Traga o pé de trás na mesma al­tura do outro pé. Com isso, o skate é “jogado” para o ar, alcançando seus pés.

Veja também: Canelite – o que é, tratamento e como evitar

10 aplicativos para relaxar

Tail drop
Não é uma manobra, mas a maneira de iniciar uma sessão em uma pista ou rampa. Coloque o tail sobre a borda da pista ou sobre o coping (metal que fi­ca na borda, imediatamente antes do início do pipe), deixe a perna da frente sobre o eixo do skate e incline o corpo para frente. Quando sentir que as rodas encostaram na pista, recue o corpo para a posição de equilíbrio.

Fakie
Aprendida a primeira manobra, vá para a minirrampa e comece a investir no vertical. O fakie é de extrema importância, pois é ele que dá base para as manobras feitas na pista e ajuda a dar velocidade aos movimentos. Deslize pela rampa e, quando estiver no meio da subida, flexione os joelhos e o tronco.

Recomendadas para você