Suplementos atuam no corpo ou apenas na mente?

É muito comum ver o efeito placebo ao começar com os suplementos. Então, não seria melhor investir em modos para trabalhar a sua mente?

Suplementos atuam no corpo ou apenas na mente?
Foto: Getty Images

Na prática, muitos adeptos de suplementos nutricionais sentem-se mais dispostos e estimulados a treinar. Outros têm dificuldade em perceber alguma mudança. Na teoria, há fortes indícios de que alguns suplementos podem melhorar muito a performance.

Porém, há muitos estudos inconclusivos sobre o tema, e as falhas metodológicas apresentadas por eles deixam dúvidas quanto à validade de resultados mais otimistas. As controvérsias entre diferentes frentes de estudos acalentam a discussão em torno de muitos suplementos, levando a um debate cercado por incertezas. Será que a melhora está mais atrelada ao que sua mente pensa ou realmente às vantagens no corpo?

O famoso efeito placebo parece estar presente nas principais opções, que são os aminoácidos, o whey protein, a creatina, a cafeína, os carboidratos, as vitaminas e os minerais. Inúmeros estudos comprovaram a eficácia do uso de placebo na percepção de melhora do desempenho, comprovando que a suplementação funciona, muitas vezes, no entanto mais como estímulo emocional do que propriamente efetivo e fisiologicamente benéfico.

Enquanto os benefícios dos ergogênicos são questionáveis e de constatação (muitas vezes) subjetiva, o uso indiscriminado não é indiferente e pode trazer riscos à saúde. Para se obter benefícios de uma suplementação, é preciso certificar-se de suas necessidades nutricionais, da segurança de seu uso e de de sua real eficácia.

Por isso, devemos considerar o potencial efeito dos placebos e aceitar que o psicológico é, muitas vezes, o que vai fazer a diferença. Nesse ponto, uma opção muito interessante é trabalhar a mente também como forma de aperfeiçoar o nosso desempenho esportivo?

Segurança, autoconfiança, tranquilidade e concentração são atributos de muito valor para superar qualquer barreira. Em meio a tantas incertezas quanto ao uso de diversos suplementos nutricionais, talvez essa estratégia seja a mais assertiva e menos cara, tanto para o seu bolso quanto para a sua saúde.

Os comentários estão desativados.

Recomendadas para você