Vibrador pode auxiliar tratamento contra dores pélvicas, diz fisioterapeuta

Dia dos Namorados é uma boa oportunidade para experimentar os benefícios do objeto

Saiba como o vibrador pode te ajudar
Saiba como o vibrador pode te ajudar / Foto: Shutterstock

Amanhã, 12 de junho, é o Dia dos Namorados. Uma data tradicional, onde os casais reforçam e exaltam o elo de carinho e amor que existe entre eles. É comum, inclusive, que as pessoas queiram dar uma apimentada na relação, inovando e surpreendendo um ao outro. E o vibrador, objeto utilizado para proporcionar mais prazer à mulher, pode ser uma boa alternativa nesse momento.

Além disso, para quem é solteira, ele também pode ser um bom aliado do prazer solo. Mas, o que talvez algumas pessoas não saibam, é que fora todos esses benefícios já conhecidos, o vibrador também tem o poder de ser uma importante ferramenta contra desconfortos e dores pélvicas nas mulheres.

De acordo com Letícia Nara, fisioterapeuta pélvica da Santa Casa de São Paulo, o vibrador consegue estimular de maneira positiva algumas partes específicas do corpo feminino, melhorando a qualidade de vida de pacientes que sofrem com algum tipo de incômodo na região pélvica.

“Existem várias mulheres que sentem dores, seja por possuírem vaginismo [disfunção sexual que ocasiona dor durante a penetração], ou por estarem muito tensas e estressadas. Então, elas acabam jogando toda a tensão no trapézio, no pescoço e na vagina também”, explica a especialista.

De acordo com a fisioterapeuta, todas essas condições podem provocar dores e desconfortos nas mulheres, em diversas ocasiões, como durante relações sexuais e realização de exames ginecológicos. Em alguns casos, os incômodos aparecem até quando a paciente está sentada ou realizando atividade comuns do dia dia. E é aí que uso correto de um vibrador pode aliviar o quadro de dor.

“Durante as terapias de fisioterapia pélvica, a gente ensina a fazer massagem perineal, a respirar e relaxar de maneira adequada. E o vibrador ajuda bastante pois, além dele aumentar a consciência corporal e realizar a massagem perineal, a mulher consegue fazer a manutenção da musculatura pélvica em casa”, diz a fisioterapeuta.

“Seria a mesma coisa que utilizar um massageador muscular nas pernas, igual aos que os jogadores de futebol usam. O vibrador consegue cumprir essa função nos músculos vaginais”, completa Letícia.

Os comentários estão desativados.

Recomendadas para você