5 alimentos que possuem as famosas calorias ‘negativas’

Listamos 5 alimentos que, graças ao alto poder termogênico, vão acelerar o metabolismo e te ajudar a perder peso. Confira!

Com função termogênica, pimenta vira aliada dos corredores
Foto: Getty Images

Quando estamos comendo, também estamos gastando calorias, sabia? Pois, nosso corpo precisa de energia para transformar o que ingerimos. No entanto, a grande maioria deles é muito mais calórico e nos faz ganhar peso. Mas não precisa se preocupar, porque listamos 5 alimentos para te ajudar a perder peso.

A capacidade que os alimentos têm de obrigar o organismo a abrir mão de algumas calorias apenas para digeri-los é chamada de termogênese. “Os alimentos termogênicos típicos ou de carga negativa são aqueles que possuem menos calorias do que é gasto para digeri-los”, diz Fernanda Soares, nutricionista e membro da Sociedade Brasileira de Alimentação e Nutricional, do Rio de Janeiro.
  
“Os alimentos com alto poder termogênico, no entanto, não devem ser consumidos aleatoriamente, sem a indicação de um médico ou nutricionista, pois produzem outros efeitos, como a elevação dos batimentos cardíacos. E significa sobrecarregar o coração”, diz Thiago Volpi, clínico geral e nutrólogo de São Paulo. “Sem contar, que o corpo acaba se acostumando com tais substâncias, exigindo uma maior quantidade delas para que provoque o mesmo efeito”.

 Veja a lista com os 5 alimentos


Café e pó de guaraná – ricos em substâncias conhecidas como metilxantinas, como a cafeína e a teobrumina, que estimulam a produção de adrenalina e aumentam o gasto energético. Elas agem nas células de gordura, barrando a ação da fosfodiesterase. Esta enzima tem a missão de inibir a queima de gordura, ajudando o organismo a estocar o nutriente para que ele seja aproveitado em casos de emergência, como o um jejum prolongado A recomendação diária de cafeína é de até 250mg, que equivale a duas xícaras de café forte.

Chá verde: Possui altas concentrações do polifenol catequina, que auxilia a aumentar a oxidação de gordura e a termogênese.

Laranja amarga (citrus aurantiun) – a casca desta fruta, utilizada para fazer chá, por exemplo, tem sinefrina, substância que também estimula a a queima de gordura e a produção de neurotransmissores e hormônios como a adrenalina. A suplementação com laranja amarga (sinefrina) requer atenção. Algumas pessoas chegam a experimentar aumento da temperatura corporal, principalmente quando aumentam a dosagem. É bom discutir com um médico ou nutricionista se você pode tomá-lo.

Pimenta vermelha – rica em capsaína, substância que age no sistema nervoso central, fazendo com que o organismo acione o mecanismo de queima de gordura. Também tem leve efeito vasoconstritor por fechar o calibre dos vasos, fazendo que o coração acelere mais o ritmo para suprir a demanda de sangue para o organismo. Aos que não suportam o sabor da pimenta, uma alternativa é consumir o alimento manipulado, em forma de cápsulas. A restrição é para quem tem problemas com hemorróidas.

Óleo de cártamo – Nosso alimento de número 5 da lista tem ácido linoléico, substância que atua na transformação das gorduras em energia, por transportá-las para o interior das células a fim de que sejam incineradas. Este tipo de óleo é extraído das frutas oleoginosas como a castanha e a amêndoa. A recomendação diária é de até 3 g (um pouco menos que uma colher de café).

Os comentários estão desativados.

Recomendadas para você