Connect with us

O que você está procurando?

Busca

Nutrição

Treino noturno: 7 alimentos que melhoram a performance

A nutrição específica para quem pratica exercícios durante a noite é fundamental

Alimentação ideal para o treino noturno
Alimentação ideal para o treino noturno - Foto: Shutterstock

O treino noturno, muitas vezes, é a única opção para manter a prática de atividades físicas regulares. Afinal, a vida corrida e cheia de compromissos costuma nos afastar da academia durante o dia. Mas, se quando chega a noite você já não está com todo aquele gás para treinar, a alimentação adequada pode ser a solução.

Uma nutrição que combina com o horário do seu treinamento influencia no rendimento e também no metabolismo. À noite, nosso corpo vai desacelerando para o descanso final, o que exige a ingestão de alimentos eficazes para dar gás nos seus exercícios físicos e que, ao mesmo tempo, sejam facilmente digeridos.

Dessa maneira, pensando nessas necessidades e no relógio biológico, a nutricionista Paula Crook, sugeriu os alimentos que não podem faltar no cardápio de quem tem o hábito de treinar de noite. Confira:

7 alimentos para completar seu treino noturno

1) Banana. Não é à toa que ela é uma das frutas preferidas dos corredores. Possui poucas calorias, é de fácil digestão e ainda é fonte de carboidratos e de potássio, importante para manter a pressão sanguínea controlada. O potássio também ajuda a evitar cãibras. Para incrementar o consumo, amasse a fruta com duas colheres de aveia, ótima opção de pré-treino.

2) Água de coco. Isotônico natural, a bebida pode e deve fazer parte da sua alimentação em qualquer horário. “Os açúcares e sais minerais da água de coco são importantes para uma rápida hidratação, sem pesar no estômago”, aponta Paula. Sem falar no potássio. Ele ajuda a prevenir contra o desconforto das cãibras, a fadiga muscular e a desorientação mental, no caso de você correr longas distâncias.

3) Espiga de milho. Comer uma espiga quentinha antes do treino vai lhe dar uma boa dose de vitamina B6, que facilita a contração muscular, e de vitamina A, importante para a saúde dos olhos e para o fortalecimento do sistema de defesa.

Sem falar que é um lanche rico em fibras, presentes na casca do grão, diferentemente do trigo e do arroz. O milho também contém quantidades significativas de antioxidantes – eles de novo! – para prevenir o envelhecimento precoce.

4) Amaranto. É um ótimo complemento para ser consumido com sua fruta ou vitamina preferida no treino noturno. “Isso porque ele contém entre 12% e 17% de proteína de alta qualidade, apresentando bom balanço de aminoácidos essenciais se comparado a outros cereais”, explica Paula.

O amaranto também tem fácil digestão e você pode incluí-lo em receitas de bolo (ele também é vendido em empórios na versão em farinha), tortas ou salpicá-lo na salada. O sabor meio amargo do grão ou do floco é quase imperceptível.

Varie o cardápio para não enjoar

5) Pêra. Suculenta, fornece tantas benesses quanto a maçã, sua parceira na salada de frutas. Por ser leve, pode ser consumida à noite sem problemas. “A pera contém grandes quantidades de carboidrato, vitamina C, ferro e potássio.

É uma das frutas mais ricas em pectina, fibra solúvel que auxilia muito no funcionamento intestinal”, explica Paula. Você pode consumi-la picadinha e com uma colher de amaranto em flocos. “O amaranto é um dos cereais mais completos. Com pera, o lanche oferece o aporte ideal de nutrientes para o atleta treinar.”

6) Frutas Secas. Um lanchinho compacto que você pode levar para qualquer lugar, no caso de sair do trabalho direto para o treino. Afinal, esse mix, começando pela amêndoa, é fonte de gorduras do bem e de proteínas, e abundante em manganês, cobre e riboflavina, um trio que ajuda a oferecer mais energia para o corpo.

O damasco, por sua vez, ajuda no bom funcionamento do intestino devido ao seu alto teor de fibras. Enquanto a castanha de caju conta com magnésio, importantíssimo para manter o organismo em ordem.

Sem falar nas gorduras monoinsaturadas e poli-insaturadas, que ajudam no controle do bom colesterol. A dica é: aposte no lanchinho com moderação, pois as oleaginosas são bastante calóricas.

Receitinhas são bem-vindas para o treino noturno

7) Suco de Melancia com Beterraba. A melancia contém potássio, magnésio e antioxidantes. Mas, sua dupla nesta receita, a beterraba, não fica atrás. “Ela tem óxido nítrico em sua composição, que favorece a vasodilatação das artérias, aumentando a circulação de sangue e melhorando o desempenho físico.

Isso além do zinco, que é essencial para o sistema imunológico, e das vitaminas do complexo B, nutriente que integra o processo de formação dos glóbulos vermelhos e as reações químicas que fornecem energia para as células”, detalha a nutricionista.

Sendo assim, estudos já apontaram o óxido nítrico presente na beterraba como o responsável pela melhora do  desempenho esportivo. Além disso, outro estudo indicou que homens que consumiram suco de beterraba foram capazes de realizar exercícios por mais tempo, devido aos efeitos vasodilatadores dos nitratos

Escrito por

1 Comment

1 Comment

  1. Pingback: Como proteger os joelhos de lesões | Revista Sport Life Brasil | Guia das Dietas

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Advertisement

Últimas Noticias

Nutrição

O equilíbrio ajuda a manter esse tipo de alimento na dieta balanceada

Nutrição

São alimentos que precisam ser consumidos com moderação

Nutrição

Ambas bebidas podem oferecer alto teor de açúcar

Emagrecimento

Muitos profissionais dizem que é impossível dizer qual que se sobressai

Nutrição

Veja como algumas simples opções naturais podem promover um bom efeito anabólico no corpo

Treinos

O intuito desse conjunto de dicas é evitar que algumas falhas passam despercebidas

Advertisement

Você também vai gostar

Nutrição

O equilíbrio ajuda a manter esse tipo de alimento na dieta balanceada

Nutrição

São alimentos que precisam ser consumidos com moderação

Nutrição

Ambas bebidas podem oferecer alto teor de açúcar

Emagrecimento

Muitos profissionais dizem que é impossível dizer qual que se sobressai