Alimentos orgânicos e convencionais: qual a diferença?

Entenda os benefícios dos alimentos orgânicos e porque eles têm mais vantagens sobre os produtos sem esse tipo de certificação

Alimentos orgânicos e convencionais: qual a diferença?
Foto: Pixabay

Com a mudança de comportamento das pessoas para um estilo de vida saudável, surgem dúvidas sobre o assunto. Uma delas é sobre o consumo de alimentos orgânicos, que são mais saudáveis. Mas qual a diferença entre um alimento orgânico e aquele que compramos sem essa certificação?

Alimentos orgânicos e convencionais: qual a diferença?

O alimento orgânico é livre de agrotóxicos, componentes químicos que são prejudiciais à saúde. Essas substâncias também são chamadas de defensivos agrícolas ou agroquímicos, bastante utilizadas nas plantações para evitar insetos, doenças ou plantas daninhas.

No entanto, descobriu-se que houve um aumento na quantidade de agrotóxicos usados e eles passaram a ser prejudiciais para a saúde, podendo motivar o desenvolvimento de diversas doenças como câncer, depressão, Mal de Parkinson, entre outras.

“No Brasil é permitido o uso de diversos agrotóxicos que em outros países, são proibidos. O glifosato, por exemplo, é utilizado para eliminar as ervas daninhas da plantação e já foi classificado como cancerígeno”, explica a nutricionista da Chocolife Alimentos Ana Alves.

Um estudo recente mostrou que seu consumo pode levar à perda de manganês, mineral essencial para o organismo, que estimula a tireóide a liberar TSH (hormônio tireoidiano). Pesquisas com humanos mostram que mães com insuficiência de hormônios tireoidianos tem mais chances de terem filhos autistas, podendo ser esta uma justificativa pelo aumento da incidência de autismo no Brasil.

De acordo com a nutricionista, pensando na saúde e na longevidade, é importante sim que as pessoas consumam alimentos orgânicos sempre que puderem. Além disso, consumir produtos orgânicos incentiva pequenos produtores locais que oferecem alimentos mais nutritivos, frescos e com mais sabor.

 

Consultoria: Ana Alves, nutricionista da Chocolife Alimentos.

 

Gostou das dicas? Não deixe de nos acompanhar nas redes sociais para saber mais sobre saúde e esporte: InstagramFacebook e Twitter!

Os comentários estão desativados.

Recomendadas para você