Carboidrato na dieta: saiba como usá-lo e ainda emagrecer

Inserir o nutriente no seu cardápio pode ajudar a manter os níveis energéticos ideais para o organismo. Entenda!

Mesa do café da manhã com manteiga, bolachas e farinhas para inserir o Carboidrato na dieta
(Imagem: Pexels.com)

As dietas lowcarb, caracterizadas pela redução de carboidratos, se popularizaram como meios para a perda de peso. Entretanto, esse nutriente é fonte importante de energia para o organismo. Ao retirar determinados alimentos do cardápio, os resultados do emagrecimento podem não ser saudáveis. Além disso, o corpo pode não conseguir manter a redução de peso porque a falta de energia vai estimular a necessidade de comer para repor o que foi perdido. Tendo em vista tal cenário, é importante manter o carboidrato na dieta.

Mesa do café da manhã com manteiga, bolachas e farinhas para inserir o Carboidrato na dieta

(Imagem: Pexels.com)

Dicas para manter o carboidrato na dieta

Por ser um dos principais fornecedores de energia para o organismo, não é recomendado subtraí-lo radicalmente da alimentação. O que faz com que alguns quilos extras apareçam é a qualidade e a quantidade desse nutriente ingerido, bem como um estilo de vida sedentário. Para manter os níveis de energia saudáveis, que permitem realizar as tarefas diárias, é preciso saber distribuir e balancear alimentos ricos em carboidratos pelas refeições. Como forma de equilibrar esse consumo, a nutricionista Gabriella Gachet recomenda “que a reeducação alimentar aliada à prática de atividade física é sempre o melhor caminho”.

Para inserir esse nutriente na dieta de maneira adequada, é importante seguir alguns passos. Optar pelos farináceos integrais é uma saída inteligente. Essas fontes de carboidrato são ricas em fibras insolúveis que trazem uma sensação de saciedade, regulam diversas funções do organismo e absorvem a gordura ingerida.

Ficar atento ao horário da refeição pode indicar quando e qual tipo de alimento utilizar. Pela manhã, o consumo de massas pode ser uma fonte saudável de energia. Já no período noturno, o metabolismo tende a desacelerar, portanto é melhor ingerir grãos e cereais integrais no jantar.

Fonte: Gabriella Gachet, nutricionista do Vigilantes do Peso

Quer saber mais sobre alimentação saudável? Acompanhe a SportLife nas redes sociais!

Os comentários estão desativados.

Recomendadas para você