Connect with us

O que você está procurando?

Corrida

Corredores superam calor e mudança de horário na Adidas Boost Endless Run

Etapa do Rio de Janeiro reuniu corredores e famosos no Aterro do Flamengo

Foto: Julia Dantas
[PAGE TITLE]
Foto: Julia Dantas

Foto: Julia Dantas

O domingo do dia 19 de outubro prometia altíssimas temperaturas na capital fluminense. Esta também foi a data de início do horário de verão, o que garantiria uma hora a menos de sono para quem não programou seu relógio biológico com antecedência. Mas nada disso impediu que 2500 corredores estivessem a postos quando foi dada a largada da etapa do Rio de Janeiro da Boost Endless Run, às 7h. O sol ainda nascia na Baía de Guanabara e lá estavam eles, espalhados pelo Aterro do Flamengo, fazendo alongamento e tirando fotos.

O diferencial da prova da Adidas – a primeira realizada exclusivamente pela marca no Brasil – está no tempo de duração: são três etapas, com 10, 5 e 1K cada, sendo que da última só participam os 100 homens e 50 mulheres com melhor tempo na soma das duas primeiras. Por isso este é um desafio “sem fim”: a cada etapa, há um intervalo para recuperação, o que faz com que o desafio total dure cerca de 4 horas. Eduardo Rodrigues, gerente de marketing de running da Adidas e idealizador da prova, conta que a ideia do desafio é trazer algo novo para os corredores: “Esta prova desafia o corredor a pensar de forma estratégica como ele vai encarar cada etapa da prova e trabalhar as três distâncias. O feedback dos corredores foi superpositivo. Trabalhar com novidades faz parte de nosso dia a dia e é o que motiva os corredores”, conta.

Estrutura ajudou na recuperação dos atletas

Por algumas horas, o Aterro do Flamengo se transformou numa verdadeira arena de corredores, com vários pontos de hidratação e alimentação, alongamento, massagem e crioterapia para os participantes. Em um quiosque da Adidas, era possível descobrir qual é o seu tipo de pisada. Tudo muito bem organizado, sinalizado e sem filas. Guilherme Renke, cardiologista esportivo, atleta e apresentador no WooHoo, participou do desafio e alertou para os cuidados necessários em uma prova como essa: “Pensando no lado físico, estes intervalos aumentam a probabilidade de lesão, já que exigimos da musculatura progressivamente. Por isso, é importante não se alongar entre os trechos, fazer a crioterapia e a massagem para manter o corpo aquecido“, explica.

Famosos entre os corredores

Entre a multidão de corredores, era possível encontrar algumas figuras conhecidas disputando a prova. O ator Du Moscovis foi acompanhado da esposa, Cynthia Howlett, que chegou às 50 finalistas. Ele, por sua vez, só correu os 10K: “Dá vontade de correr mais, mas vou me segurar pois estou me recuperando de uma lesão. Está um dia lindo, e o horário de verão foi ótimo para a prova”, comentou. O seu colega Juliano Cazarré também marcou presença ao lado de sua esposa, e completou o desafio dos 15K: “Como não estava vindo de uma fase de muito treino, eu e minha esposa fomos mais conservadores na primeira etapa, e aí no final dos 5K eu soltei a bota. Essa corrida é muito bacana, gostei muito”, contou.

Advertisement. Scroll to continue reading.

[galeria id=19]

Vencedores do Desafio Adidas Boost Endless Run – Etapa Rio de Janeiro

Roselaine Ramos levou o prêmio pelos 10+5+1, com o tempo total de 57min2s nas três etapas. A atleta disse que esperava este resultado: “Há um mês estou me preparando. Inclusive participei de um revezamento na areia um dia antes e ganhamos também”. A vencedora da etapa de São Paulo, Giovana Martons, ficou em segundo lugar. “Sabia que não ia ser fácil, pois tínhamos fortes candidatas, como a Rose e a Gisele, que ficou em terceiro lugar”, contou.

No masculino geral, Antônio Barbosa foi o grande vencedor dos 16K – sem surpresas, já que chegou em primeiro nas etapas de 10 e 5k. No total, seu tempo foi de 47min45s. O atleta atribui a vitória ao técnico Henrique Viana: “Estou há 3 meses aqui e venho de um treinamento duro, ralado. Agora estou colhendo os frutos”, contou. O mineiro Fábio Teixeira, que venceu a etapa de 1k com 2min35s, disse que a conquista tem um gosto especial: “Vim de uma semana complicada, pois não tive um bom desempenho no Troféu Brasil de Atletismo, e cheguei a pensar em desistir da corrida. Estava com virose, de cama. Vim para me distrair e no fim deu tudo certo”, contou, feliz.

Advertisement. Scroll to continue reading.
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Advertisement

Você também vai gostar

Fitness

Treinadora conta o segredo para conseguir aumentar o gasto calórico sem precisar sair de casa

Nutrição

Além de saudável, alimento consegue aumentar a força do organismo em vários sentidos

Corrida

Problema é comum entre corredores e precisa de paciência para ser resolvido

Fitness

Treinador explica como priorizar o músculo com eficiência e sem passar do ponto