Connect with us

O que você está procurando?

Busca

Nutrição

Corrida: 10 nutrientes essenciais para o treino

Veja quais são os alimentos com os nutrientes que não podem faltar no seu dia a dia para correr bem e manter o corpo saudável

Que uma alimentação variada e recheada de itens saudáveis é um dos maiores aliados de quem pratica corrida não é novidade para ninguém. Mas o que algumas pessoas talvez não saibam é que existem substâncias que são especialmente bem-vindas no cardápio de quem quer melhorar o desempenho na hora das passadas. É o seu caso? Então confira a lista a seguir e veja quais são os alimentos que não podem faltar no seu dia a dia:

Foto: iStock

Foto: iStock

1. Cálcio

Garante a saúde dos ossos e dos dentes e é indispensável na contração dos músculos e no processo de regeneração das fibras musculares.
Onde tem: leite e seus derivados, chia e vegetais com folhas escuras, como a rúcula, o agrião e a couve.

Foto: iStock

Foto: iStock

2. Vitamina C

Sua ação antioxidante ajuda a manter a imunidade fortalecida e combate os radicais livres que são formados pelo estresse que o exercício provoca no organismo. Essas moléculas levam ao envelhecimento precoce e podem comprometer a performance e aumentar a fadiga na corrida.
Onde tem: frutas cítricas, frutas vermelhas e pimentas.

VEJA TAMBÉM: Vegetarianos: dá para ter resultados nos treinos?

3. Proteína

Ela é importantíssima para a manutenção da massa muscular e ainda aumenta a força e a explosão muscular, que são necessários especialmente nos sprints. Mas o ideal é procurar um profissional para adequar a recomendação desse nutriente de acordo com as suas necessidades, já que o exagero também pode ser prejudicial, pois pode sobrecarregar os rins.
Onde tem: carne vermelha, frango, peixe, ovos, leguminosas (os feijões e a soja, por exemplo), quinoa, tofu e cogumelos.

4. Carboidrato

É fundamental para o fornecimento de energia. Os estoques desse nutriente, que tem como uma das formas de armazenamento o glicogênio muscular, precisam estar cheios para garantir um bom desempenho e combater a fadiga.
Onde tem: cereais, milho, massas e tubérculos, como a batata-doce, a mandioca e o inhame.

5. Vitamina E

Assim como a vitamina C, é um potente antioxidante e por isso combate os radicais livres gerados pelo exercício, melhorando a performance. Também favorece a saúde dos vasos sanguíneos e ajuda a deixar o sistema imunológico tinindo, o que, além de evitar que você tenha que faltar no treino porque ficou doente, ajuda na modulação hormonal, que é importante para a recuperação.
Onde tem: oleaginosas (castanha-do-pará, amêndoas e castanha-de-caju), azeite e semente de girassol.

6. Ferro

Garante a oxigenação das células em geral, inclusive as dos músculos. Por isso, se houver falta desse nutriente no organismo, há grandes chances de haver uma queda na performance e um aumento na sensação de cansaço.
Onde tem: carne vermelha, feijões e cereais integrais.

Foto: iStock

Foto: iStock

7. Magnésio

Participa da oferta de energia, por isso é especialmente importante para os treinos mais pesados, estimula a reparação dos tecidos em geral, em especial tendões, cartilagens e ligamentos, melhora a concentração e está envolvido no processo de contração muscular.
Onde tem: vegetais verde-escuros (espinafre, couve, brócolis e escarola, por exemplo), semente de abóbora, feijões e acelga.

8. Ômega 3

Protege o coração, os vasos e o cérebro e tem ação anti-inflamatória, que é importante para ajudar o corpo a se recuperar após o treino.
Onde tem: sardinha, salmão, atum, linhaça, chia e nozes.

Foto: iStock

Foto: iStock

9. Nitrato de Sódio

Estudos recentes revelaram que o consumo dessa substância garante uma maior explosão muscular e ainda favorece a entrada de mais nutrientes nos músculos, elimina toxinas dos vasos e melhora a capacidade do organismo para gerar energia.
Onde tem: espinafre, beterraba e couve.

10. Eletrólitos

Os mais conhecidos são o sódio e o potássio. Se eles estiverem em falta no corpo, levam à redução de performance, ao aumento da fadiga e ao aparecimento de cãibras. Como são eliminados pelo suor, há também a necessidade da sua ingestão durante provas muito intensas e longas.
Onde tem eletrólitos: isotônicos e água de coco.
Onde tem potássio: banana, batata-doce, abóbora, vegetais verde-escuros e iogurte.
Onde tem sódio: suco de tomate, cereais e pão integral.

Fontes:
Priscila Rosa, nutricionista clínica e do esporte, diretora da FIT Saúde e Nutrição, em São Paulo; Maria Fernanda Pio, nutricionista do Rio de Janeiro; e Romualdo Lima, nutrólogo do Rio de Janeiro que possui certificação internacional em medicina do esporte pela Academia Americana de Medicina Anti-Aging.

Texto de Thais Szego

Escrito por

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Advertisement

Últimas Noticias

Nutrição

O equilíbrio ajuda a manter esse tipo de alimento na dieta balanceada

Nutrição

São alimentos que precisam ser consumidos com moderação

Nutrição

Ambas bebidas podem oferecer alto teor de açúcar

Emagrecimento

Muitos profissionais dizem que é impossível dizer qual que se sobressai

Nutrição

Veja como algumas simples opções naturais podem promover um bom efeito anabólico no corpo

Treinos

O intuito desse conjunto de dicas é evitar que algumas falhas passam despercebidas

Advertisement

Você também vai gostar

Nutrição

O equilíbrio ajuda a manter esse tipo de alimento na dieta balanceada

Nutrição

Essa fruta costuma estar no cardápio de uma pessoa que quer emagrecer

Nutrição

É mais uma boa opção para quem quer emagrecer

Nutrição

Consumo que traz efeitos satisfatórios em longo prazo