Connect with us

O que você está procurando?

Corrida

Corrida: o que é mito e o que é verdade?

Saiba o que existe de verdade e de mito em recomendações que costumam ser ouvidas quando o assunto é corrida

Pessoas correndo
Foto: Shutterstock Images
[PAGE TITLE]

No ambiente da prática de corrida, existem diversas recomendações sobre como treinar, muitas vezes feitas por amigos que também correm ou até mesmo por treinadores. Entretanto, alguns desses conselhos são apenas mitos, desmentidos pela ciência, ou não são eficazes. Confira algumas recomendações conhecidas e veja a explicação científica de cada uma:

Você deve fazer alongamento estático antes do treino

Homem alongando

Foto: Shutterstock Images

Há algum tempo o alongamento estático pré­treino vem sendo revisto e contestado. Um estudo publicado no Journal of Strength and Conditioning Research apontou, inclusive, que ele pode reduzir a performance. Embora, claro, nem todo alongamento estático seja de todo ruim para o corredor. O que se verificou (e por isso ele vem sendo discutido) é que ele dispara uma resposta protetora no sistema neuromuscular que enfraquece temporariamente os músculos e, por isso, reduz a performance. Prefira os alongamentos dinâmicos.

+Veja também: 10 motivos que podem reduzir seu desempenho nas corridas

É preciso fazer uma corridinha leve para desaquecer

Pode até ser gostoso dar aquela última volta no parque quase trotando, mas na verdade isso não traz grandes benefícios. Segundo um estudo publicado no Australian Journal of Physiotherapy, o desaquecimento não faz muito mais do que desaquecer o corpo. Outro estudo mostrou inclusive que não há diferenças na recuperação de atletas que desaqueceram ativa ou passivamente.

Advertisement. Scroll to continue reading.
Pessoas correndo

Foto: Shutterstock Images

A melhor intensidade de corrida é a moderada

Boa parte dos corredores mantém um pace moderado, ou seja, não exatamente difícil, mas que também não impossibilita manter uma conversa durante a corrida. Só que estudos mais recentes vêm mostrando que o melhor a fazer é evitar a chamada “zona moderada de corrida”, pois ela pode ser tão estressante para o corpo quando a corrida em alta intensidade.

Um estudo publicado na revista Frontiers in Physiology, por exemplo, apontou que treinos que combinam volume e intensidade altos com tempo runs (rodagens longas em intensidades moderadas) têm os melhores efeitos sobre resistência, V02 max, economia de corrida e velocidade.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Advertisement

Você também vai gostar

Fitness

Treinador explica como priorizar o músculo com eficiência e sem passar do ponto

Emagrecimento

Médica endocrinologista revela as principais dicas para garantir um emagrecimento saudável e definitivo

Nutrição

Descubra como manter uma dieta equilibrada durante todo o ano, sem abrir mão de ingredientes saborosos

Nutrição

Entenda como emagrecer rápido com alguns métodos simples e eficientes