Dia Internacional do Yoga: 6 razões para começar a praticar

Celebrado neste 21 de junho, o Dia Internacional do Yoga serve de incentivo para você conhecer a prática, que cresceu 43% na pandemia

Dia Internacional do Yoga: 6 razões para começar a praticar
Foto: Shutterstock

Segundo dados do Gympass, a busca por aulas de Yoga cresceu 43% com a pandemia no Brasil. Por isso, aproveitamos o Dia Internacional do Yoga, neste 21 de junho, para te incentivar a iniciar nessa prática e buscar um estilo de vida mais saudável.

Trabalhar de casa ou em espaços não adaptados, ficar muito tempo no mesmo lugar e na mesma posição, cuidar da postura, combater o estresse e a ansiedade são fatos que você pode aproveitar o Dia Internacional do Yoga para começar a combatê-los. Veja as 6 dicas que Gympass têm!

1. Aprimorar a respiração: Um dos pilares de toda a prática de Yoga está relacionado à respiração. Inspiração e expiração são ações conscientes e extremamente benéficas. A respiração tem a função de conectar corpo e mente e trazer o indivíduo para o momento presente. A prática de Yoga procura mesclar os alongamentos e os movimentos dentro das posturas com a respiração.

2. Aumentar a flexibilidade: Com os alongamentos, o corpo adquire maior flexibilidade e resistência. Essa flexibilidade está relacionada à capacidade que o corpo tem de realizar certos movimentos e de se adequar a posturas que trazem muitos benefícios — que vão desde uma maior circulação do sangue até a prevenção de dores no corpo. Com mais flexibilidade seu corpo tem mais mobilidade, às articulações são lubrificadas, desgastes e lesões são evitados e os músculos criam mais resistência.

3. Reduzir o estresse: Que tal revigorar as energias gastas nesse Dia Internacional do Yoga? Os exercícios de respiração e, principalmente, a meditação são responsáveis por acalmar a mente e o corpo, além de “limpar” o indivíduo de todo o estresse e nervosismo naturais do dia a dia. Além do aumento da sensação de bem-estar, o Yoga é uma arma incrível no combate a doenças como ansiedade e depressão, porque ajuda a equilibrar o corpo, tranquilizando-o e evitando sintomas como a taquicardia e o excesso de pensamentos negativos. Do ponto de vista científico, a prática também é responsável por liberar no corpo endorfina e serotonina, substâncias que aumentam a oxigenação do sangue, a sensação de prazer e o relaxamento dos músculos.

4. Melhorar a concentração: A melhora na concentração é uma das consequências trazidas pela respiração consciente. Ao prestar atenção na respiração, você está 100% no tempo presente, cessando pensamentos desnecessários que geralmente o atrapalharam a realizar as demandas do dia a dia. Com uma mente mais calma e equilibrada é possível focar em tarefas do dia a dia com mais facilidade e boa vontade. Pequenos deveres se tornam mais fáceis e podem ser feitos até mesmo de forma mais rápida e eficiente.

5. Criar uma maior consciência corporal: O Yoga é responsável por criar uma inteligência emocional muito preciosa para quem busca bem-estar no dia a dia. Essa inteligência está relacionada à facilidade com que você consegue entender e analisar suas emoções e tirar proveito dessas conclusões. A filosofia do Yoga preza muito a interiorização, ou seja, o olhar para dentro de si mesmo. Isso ajuda a entender que cada um tem seu tempo e suas limitações e que não há nada de errado com isso. Um caminho para uma paz emocional e mental bem mais saudável.

6. Todos podem praticar: O Yoga não possui rótulos ou exigências mínimas para ser praticado e vivenciado e esse é um dos seus principais benefícios. Como a modalidade tem diversas linhas que seguem objetivos variados, e, mesmo dentro dessas linhas, existem aulas e exercícios para todos: praticantes de atividades físicas, não praticantes, grávidas, terceira idade. Além disso, é uma prática que te faz entender que cada um tem seu tempo e suas capacidades individuais e que o progresso pessoal é tudo o que importa.

Os comentários estão desativados.

Recomendadas para você