Connect with us

O que você está procurando?

Suzana Bonumá

O melhor exercício é a continuidade

Não há um modelo de atividade física que seja melhor para garantir a perda de peso

Foto: Shutterstock
[PAGE TITLE]

Há tempos que o sucesso da perda de peso é atribuído à dupla dieta e exercício físico. De fato, essa parece ser a única maneira segura, eficaz e saudável de atingir os resultados desejados e, como bônus, conquistar mais disposição, proteção contra doenças, aumento de massa muscular, redução efetiva de gordura corporal, bem-estar, bom humor e melhor desempenho cognitivo, entre outros benefícios.

+ Cozinhar pode deixar o alimento mais calórico 

Foto: Shutterstock

Foto: Shutterstock

O que se discute fervorosamente, porém, dentro e fora do ambiente acadêmico, é qual tipo de exercício e qual linha de dieta proporcionam melhor queima de gordura. Com o grande volume de informações (de boa e má qualidade) circulando através dos atuais meios de comunicação, as possibilidades oferecidas para quem busca um corpo saudável se multiplicaram de maneira incontrolável. Com tantas informações, a ansiedade e o estresse sobre o assunto vêm aumentando no mesmo arquivo pessoal.

Não há um modelo de atividade física que seja melhor para garantir a perda de peso. A fim de tentar responder a uma das perguntas mais intrigantes sobre assunto, pesquisadores das instituições espanholas Universidade Politécnica de Madri e Hospital Universitário La Paz tentaram encontrar as diferenças entre quatro modelos de exercícios no que se refere à redução de gordura corporal. Foram avaliados:

Advertisement. Scroll to continue reading.

1) somente treino de resistência;
2) somente treino de força;
3) uma combinação de resistência e força;
4) somente as recomendações de prática de exercício físico propostas pelo guia do Colégio Americano de Medicina do Esporte, ou seja, somar de 200 min a 300 min de qualquer atividade física por semana.

Durante 22 semanas, os cientistas acompanharam um grupo composto por 96 obesos de ambos os sexos, entre 18 e 50 anos, que seguiram uma dieta 30% menos calórica que a habitual. De maneira geral, os resultados mostraram melhora na composição corporal dos participantes, independentemente do tipo de exercício adotado. Ou seja, somada a uma dieta com redução calórica, qualquer modalidade de exercício físico será benéfica. Os pesquisadores reforçam a já reconhecida importância de associar uma rotina de exercícios físicos a uma dieta com redução calórica para combater a obesidade.

Até que novos estudos explorem mais esse tema, sugiro a prática de qualquer esporte que lhe dê prazer e que não gere culpa ou obrigação, porque a única certeza que temos é de que o resultado vem do hábito, de uma mudança de rotina. Fazer aquilo que se gosta aumenta muito as chances de continuidade.

Advertisement. Scroll to continue reading.
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Advertisement

Você também vai gostar

Fitness

Treinador explica como priorizar o músculo com eficiência e sem passar do ponto

Emagrecimento

Médica endocrinologista revela as principais dicas para garantir um emagrecimento saudável e definitivo

Nutrição

Descubra como manter uma dieta equilibrada durante todo o ano, sem abrir mão de ingredientes saborosos

Nutrição

Entenda como emagrecer rápido com alguns métodos simples e eficientes