Os 4 abdominais favoritos da Karina Bacchi

Confira os exercícios para o abdome que não faltam na rotina da musa fitness Karina Bacchi e algumas dicas da bela para manter a forma

Não é só a beleza de Karina Bacchi que chama a atenção. Além de ter uma agenda cheia (ela é atriz, apresentadora, modelo e atua como embaixadora de duas organizações não governamentais), a bela tem um alto-astral que contagia todo mundo.

 

Foto: Ivan Berger

Foto: Ivan Berger

 
“Sempre fui muito positiva e sempre procuro enxergar o lado positivo da situação, ainda que ela não esteja boa. Acho que o que me ajudou muito a enxergar a vida dessa forma foi o ioga, modalidade que pratiquei por 15 anos”, revela. Karina sempre gostou de desafios e de ser desafiada.
Mas, em maio de 2014, sentiu que era hora de mudar completamente o seu estilo de vida. Na época, estava parada há um tempo e se deu conta do quanto a atividade física e a alimentação saudável faziam falta em sua vida. “Eu estava com um corpo legal, tanto que não perdi peso, só troquei gordura por músculo. Eu estava determinada a mudar minha rotina, pois vinha me sentindo cansada e indisposta”, conta.

 

Os hábitos que mudaram o corpo da atriz

Para começar, procurou acompanhamento de profissionais para reaprender a comer de três em três horas e a incluir atividade física no dia a dia. Como ela queria resultados rápidos, precisou pegar pesado: de seis a sete vezes por semana, lá estava a Karina na academia. E valeu a pena: hoje, seu corpo está forte e definido. “Sem falar que me sinto muito mais bem-disposta. Bastou que fizesse trocas saudáveis na minha alimentação e me exercitasse com regularidade para perceber que os resultados vêm e que quero me sentir com esse ânimo para sempre”, confidencia. E quando bate a preguiça? Karina tem uma estratégia que funciona: “Tem dias em que não é fácil manter a disciplina. Então eu penso em todo o esforço que fiz e mudo de sintonia. Outra coisa importante é encontrar uma atividade física que te dê prazer. Fica mais difícil de se boicotar.

 

Corrida para desestressar

Karina Bacchi também sempre arruma um tempinho para calçar o tênis e sair correndo por aí. “Adquiri o hábito de correr há pouco tempo. Confesso que ainda estou no início; só consigo correr 5 km, mas já sinto diferença na minha capacidade aeróbia”, comenta.
“Gosto do bem-estar que a corrida proporciona. A gente fica mais leve, até!” Fã de coisas novas, está sempre fazendo uma aula diferente para mexer o corpo. Recentemente, descobriu o balé fitness, modalidade que combina exercícios do balé clássico com agachamentos, flexões e abdominais, que tonificam o corpo e dão uma turbinada na queima de calorias. “Comecei a fazer essa aula no ano passado e é incrível como ela mudou meu corpo! É notável a resistência que a prática nos dá, além do fortalecimento muscular. Estou amando!”

Receita: faça docinhos pré-treino

5 motivos para apostar na corda

 

Abdominais para trincar a região

Confira os exercícios que desenharam o abdome da Karina!

 

Abdominal tesoura

Deitada de costas com as pernas retas levemente levantadas (sem que os pés toquem o chão), as mãos e braços na linha dos ombros, alterne os movimentos das pernas lateralmente (abrindo e fechando as pernas), elevando o tronco para cima e para baixo. Lembre-se de manter firme toda a região do abdome. Faça 3 séries de 15 movimentos.

Foto: Ivan Berger

Foto: Ivan Berger

 

Foto: Ivan Berger

Foto: Ivan Berger

 

Abdominal canivete alternado

Deite-se de costas com as pernas retas levemente levantadas (sem que os pés toquem o chão), tronco levemente inclinado (sem encostar no solo), braços ao longo do corpo e mãos apoiadas no solo. Eleve o tronco e as pernas simultaneamente, mantendo um dos joelhos flexionado e o outro, dobrado em um ângulo de 90°. Tente encostar o peito na perna que está flexionada e retorne à posição inicial. Repita, alternando sempre as pernas. Execute 3 séries de 12 repetições.

 

Foto: Ivan Berger

Foto: Ivan Berger

 

Abdominal canivete oblíquo

Deite-se de lado. As pernas terão dois momentos: em um, estarão flexionadas, e no outro, estendidas no solo. O braço mais próximo ao chão fica estendido à frente do corpo, e a mão oposta, na lateral. Contraia o abdome enquanto eleva as pernas flexionadas. Suba o tronco em direção às pernas e volte à posição inicial. No segundo momento, contraia a lateral do abdome enquanto eleva o tronco, mas agora com as pernas estendidas. Faça 3 séries de 15 repetições para cada lado.

 

Foto: Ivan Berger

Foto: Ivan Berger

 

Os comentários estão desativados.

Recomendadas para você