Connect with us

O que você está procurando?

Nutrição

Quer manter os ossos fortes? 3 dicas que vão mudar seu conceito

A alimentação para esse objetivo precisa ser rica em nutrientes

Manter os ossos fortes
Manter os ossos fortes - Shutterstock

Manter cuidado com aquilo que se consome é fundamental para um estilo de vida saudável, ou seja, vale a pena uma orientação com intuito de não acreditar em mitos ou teses duvidosas. Nesse sentido, quer manter os ossos fortes? Saiba três dicas da nutricionista Abrasso (Associação Brasileira de Avaliação Óssea e Osteometabolismo) Fernanda Brunacci.

As três dicas para manter os ossos fortes

Consumo de proteínas

A sugestão dessa profissional é para o consumo de carnes magras e leites e derivados nas versões desnatadas por comportarem menos teor de gordura saturada.

“Quando temos proteína em quantidade adequada no dia a dia, cerca de 1 ou 1,4g por quilo de peso, de acordo com faixa etária e nível de atividade física, além da saúde muscular, há benefício para saúde óssea. É importante que essa proteína seja bem distribuída ao longo do dia fazendo parte das principais refeições: café da manhã, almoço e jantar”, explica Fernanda.

Café

Sem prejudicar o cálcio, podemos consumir aproximadamente em torno de três xícaras de café no dia. “Então, você consumir um café com leite, que seja mais leite do que café, não vai estar prejudicando o seu osso”, afirma.

Variedade de alimentos

“É importante também pensar na saúde óssea não só a partir dos 40, 50 anos, mas desde a infância. Lembrando que criamos uma ‘poupança’ de saúde óssea até os 30 anos. A partir daí, temos que manter essa poupança óssea. Embora o cálcio seja o principal mineral para saúde óssea, vale lembrar de outros micronutrientes muito importantes para o metabolismo ósseo, como magnésio e fósforo e a vitamina K. Por isso, nossa alimentação deve ser rica nesses nutrientes”, destaca.

Onde encontrar esses nutrientes?

“Magnésio em nozes, sementes, grãos integrais, leguminosas, vegetais de folhas verdes mais escuras, como couve, brócolis, que por sinal também são fontes de cálcio. Fósforo em feijão, ervilha, lentilha, grão-de-bico e carnes. Vitamina K no espinafre, brócolis, agrião, couve, acelga e alface”, encerra Fernanda Brunacci.

Escrito por

Advertisement

Últimas Noticias

Corrida

Os seus adeptos lhe definem como "exercício do prazer"

Eventos

É o tipo de prova que valoriza o trabalho em conjunto

Saúde

Os benefícios desse esporte ultrapassam as quatro linhas

Saúde

Mais um tema de interesse público, que reforça os danos desse estilo de vida

Nutrição

O chocolate amargo é a principal opção nessa proposta

Saúde

Outro motivo para atingir a meta proteica de forma saudável

Advertisement

Você também vai gostar

Corrida

Os seus adeptos lhe definem como "exercício do prazer"

Eventos

É o tipo de prova que valoriza o trabalho em conjunto

Saúde

Os benefícios desse esporte ultrapassam as quatro linhas

Saúde

Mais um tema de interesse público, que reforça os danos desse estilo de vida