Romã: fruta tem benefícios que vão além da superstição

Apesar de ser muito conhecida pelas simpatias de ano novo, a romã também apresenta muitas vantagens quando inserida na dieta

romã
Foto: Pixabay

Os benefícios da romã vão muito além das simpatias que podem ser feitas com ela. Além de conter poucas calorias (cerca de 80 a cada 100 gramas), elas ainda são ricas em vitamina C e possuem um fator antioxidante. Contém zinco e algumas vitaminas do complexo B, fatores que ajudam na metabolização dos carboidratos.

Ou seja, a romã também ajuda quem quer perder peso. Por auxiliar na absorção das gorduras e dos triglicérides, previne a hiperlipidemia e baixa o consumo de energia. Sem possuir gorduras, reforça no combate à celulite, graças ao poder anti-inflamatório.

Essa ação anti-inflamatória auxilia na prevenção de doenças cardíacas. A romã reduz a pressão arterial, pois promove o relaxamento dos vasos sanguíneos.

Já o seu fator antioxidante, graças a alta concentração do ácio elágico (presente principalmente na casca), ajuda na prevenção ao Alzheimer. Essa substância impede o crescimento de células tumorosas, principalmente nos casos de câncer de mama e de próstata.

As vitaminas e os materiais presentes melhoram a saúde da pele e fortalecem o sistema imunológico e combate as infecções urinárias.

A lista de benefícios da romã se completa com a prevenção da anemia, por conter ferro) e de problemas bucais, por causa da ação antibacteriana. Para concluir, ela é rica em taninos, o que a torna diurética e excelente contra a diarreia, já que aumenta a absorção da água no intestino.

A romã pode ser consumida fresca, mas é muito utilizada para fazer sucos e chás. É importante frisar que a casca não deve ser descartada, por conter antioxidantes. Ademais, também serve como antibiótico, prevenindo, por exemplo, dores de garganta. Suas sementes ainda podem ser acrescentadas na salada.

No entanto, como tudo, se consumida em excesso faz mal. Então, fique atendo caso esteja sofrendo com enjoo ou vômitos, que podem acontecer pelo fato da romã possuir um teor alto de alcaloides.

Os comentários estão desativados.

Recomendadas para você