Connect with us

O que você está procurando?

Produtos

Roupas para esportes de inverno

Saiba como se vestir de forma confortável para enfrentar as baixas temperaturas

roupas para esportes de inverno
Foto: Shutterstock
[PAGE TITLE]

Você gosta de se aventurar em lugares gelados? Pois de nada adianta se entupir de roupas, ficar parecendo um robô e não conseguir nem se mover. Vestir-se para enfrentar baixas temperaturas demanda alguns truques, conhecidos popularmente pela “regra das três camadas”. A ideia é sobrepor peças com diferentes tecnologias de modo a poder retirá-las se por acaso esquentar um pouco, como se você estivesse descascando uma cebola.

+ As roupas adequadas para cada esportista 

roupas para esportes de inverno

Foto: Shutterstock

O sistema de camadas constitui-se pelo uso de roupas leves (não pesadas) sobrepostas. Imagine que durante uma atividade de aventura você pode encontrar, em um único dia, temperaturas que variam de -3ºC a 15ºC. Se você tiver apenas um único casaco pesado, certamente durante o período de temperaturas muito baixas sentirá muito frio, e à medida que caminhar e a temperatura corpórea se elevar, sentirá muito calor e perderá energia transpirando. Daí as três camadas serem tão importantes. Elas podem ser combinadas para que você não some apenas peso e perca mobilidade.

Roupas inteligentes

Em situações normais, a temperatura interna do corpo gira próxima a 36,5ºC. Mas basta ela descer alguns poucos graus, por exemplo, para 34ºC, para que você sofra de hipotermia. Quando a temperatura corporal cai, todo o metabolismo fica prejudicado e, se fica abaixo dos 32ºC, pode até ser fatal.

Advertisement. Scroll to continue reading.

Todo mundo deve se proteger no frio, mas as condições climáticas que farão alguém apelar para as três camadas dependem de cada um. A sensibilidade ao frio é individual. O mais acertado é estudar o local onde você vai se aventurar e dar uma espiada na previsão do tempo para os dias em que for ficar lá, para ter certeza de que levará a indumentária correta.

Temperaturas próximas ou mais longe do zero grau, claro, ajudam a determinar a escolha das roupas. Mas essa não é a única coisa a que você deve estar ligado. O vento, por exemplo, é um dos principais fatores determinantes da sensação térmica, ou seja, a percepção que se tem da temperatura externa. Temos, ao redor do corpo, uma camada de ar que funciona como um colchonete fininho, ajudando a nos proteger da temperatura ambiente. O vento “quebra” essa camada de ar. Quando mais forte, mais moléculas de ar frio são trazidas para perto do corpo para ficar em contato com a pele e, portanto, mais frio se sente. Com isso em mente, você deve partir para a escolha das roupas que vão entrar na mochila ou na mala.

Primeira camada

Conhecida como camada interna, segunda pele, base layer ou underwear. A sua principal função é retirar o suor da superfície da pele, transferindo-o para a superfície externa do tecido, mantendo o corpo seco e com uma temperatura mais estável, lembrando, ainda, que com roupas molhadas o calor é perdido 23 vezes mais rápido do que quando elas estão secas. Essas peças são justas e, em geral, construídas com costuras planas para garantir maior conforto durante as atividades.

Advertisement. Scroll to continue reading.
fotos para esportes inverno

Foto: Shutterstock

Segunda camada

Chamada também de intermediária, ela fica sobre a camada interna, aumentando a retenção de calor gerado pelo corpo e garantindo o isolamento térmico. Para esta categoria, usamos o tecido conhecido como fleece, que mantém o corpo quente, seco e confortável em situações de frio.

Terceira camada

Sua função é proteger o corpo contra o vento, a chuva ou a neve, daí ela ser impermeável e respirável. Usada sobre a camada quente, ela aumenta ainda mais a retenção de calor do corpo. Já para a proteção contra a chuva, o recomendado são jaquetas impermeáveis e com costuras seladas.

Na hora da compra, tome cuidado com as jaquetas que são impermeáveis, mas não garantem respirabilidade, pois embora elas o protejam da chuva, certamente não o livrarão do excesso de suor. Não é bom usar tecidos que absorvem e retêm a umidade da transpiração, pois isso pode levar o corpo a perder calor, o que dá sensação de frio. Esse é o caso do algodão, pois ele demora muito tempo para secar, o que pode causar desconforto térmico.

Invista em gorros, meias e luvas

Não são só braços, pernas e tronco que precisam de proteção. É importante reforçar, também, o cuidado com as mãos, os pés e a cabeça. Isso porque pela cabeça perdem-se cerca de 7% a 10% de calor. Se você está em hipotermia, o quadro piora ainda mais. Chega-se a perder 55% de calor pelo couro cabeludo. Por isso, tenha na mala luvas, gorro, bandana e meias que suportem o frio.

Advertisement. Scroll to continue reading.
fotos para esportes inverno

Foto: Shutterstock

Aposte em meias confeccionadas com fibras que fazem a absorção e a evaporação do suor, além de manter constante a temperatura dos pés mesmo em ambientes frios. Os gorros podem ser feitos de fleece, ótimo aliado para manter o calor. Em geral, a construção de um sistema “cebola” para as extremidades varia de uma a duas camadas. No caso das meias, a terceira camada é o próprio calçado.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Advertisement

Você também vai gostar

Fitness

Treinador explica os riscos de realizar certos movimentos de maneira inadequada na academia

Saúde

Nutrólogo revela 7 atitudes que podem garantir uma vida saudável. Exercícios físicos e alimentação estão entre as recomendações

Nutrição

Nutricionista revela como a fruta pode ser vantajosa para a saúde e o desempenho esportivo

Saúde

Especialistas de diversas áreas revelam como a atividade física pode atuar positivamente no organismo