Connect with us

O que você está procurando?

Busca

Treinos

Treino intenso pode ser feito em jejum? Entenda os riscos

Prática pode ser perigosa se feita sem a orientação de um profissional capacitado

Treino de intensidade
Treino de intensidade - Shutterstock

Jejum nada mais é do que abstinência parcial ou total de alimentos por um período. Curiosamente, muitas pessoas “adotam” essa escolha para intensificar o seu objetivo de emagrecimento. Opção que ainda assim desperta dúvidas para quem alia essa meta com o exercício físico, exemplo: treino intenso pode ser feito em jejum?

Resposta

“Há informações conflitantes sobre como o jejum afeta o metabolismo da glicose em atletas altamente treinados e o impacto no desempenho também não é claro. O jejum diminui o peso corporal de indivíduos treinados e não treinados juntamente com o teor de gordura. Há pouca evidência de que o treinamento de resistência e o jejum juntos aumentam a oxidação da gordura, pois muitos estudos têm resultados conflitantes”, diz a nutricionista Dani Borges.

Detalhes do estudo

Essa resposta é diretamente sobre o estudo publicado pela revista científica Ciência Latina, do Grupo Redilat, cuja tese trouxe à tona a discussão sobre os efeitos do jejum tanto nos pacientes que treinam quanto aos que não se exercitam. Há nessa publicação a autoria da Dani.

Borges cita que o estudo analisou se o treinamento de resistência realizado em jejum induz adaptações específicas. Em que o aumento da oxidação de gordura melhora os níveis de treinamento de resistência em longo prazo. A nutricionista reforçou que alguns dados mostram que houve influência ampla do jejum no metabolismo corporal tanto em indivíduos não treinados quanto treinados.

O artigo ainda sugere que o exercício aeróbico de baixa a moderada intensidade feito no jejum induz um aumento na oxidação da gordura. Quando comparada com exercício realizado após o consumo de um produto com carboidratos na refeição.

Palavra final

O acréscimo da massa corporal magra é o objetivo de muitos atletas, recreativos treinadores de peso e aqueles que almejam outra composição corporal.

“Ao escolher um suplemento dietético para aumentar a massa corporal magra, por exemplo, é importante considerar a forma como suplemento contribui para o processo altamente regulamentado do esqueleto hipertrofia muscular”, diz.

“A ciência dos suplementos esportivos é relativamente nova. Embora certos suplementos esportivos, como a proteína e creatina, tenham sido cientificamente investigados e demonstraram repetidamente sua capacidade de aumento da massa magra do corpo. Outros suplementos esportivos exigem uma investigação científica mais rigorosa antes que eles possam ser considerados eficazes ou não”, finaliza.

Escrito por

Advertisement

Últimas Noticias

Nutrição

Saiba a quantidade mínima ideal para conseguir manter um padrão saudável

Nutrição

Endocrinologista explica que apostar nessas opções pode ajudar a emagrecer

Nutrição

Ainda assim, não esqueça que esse suplemento não é milagroso

Nutrição

A dieta equilibrada não deixa de ser fundamental nesta época

Nutrição

Fruto que ajuda na melhora do desempenho físico

Nutrição

Essa condição denota o "terror" do público da terceira idade

Advertisement

Você também vai gostar

Nutrição

Saiba a quantidade mínima ideal para conseguir manter um padrão saudável

Nutrição

Endocrinologista explica que apostar nessas opções pode ajudar a emagrecer

Nutrição

Ainda assim, não esqueça que esse suplemento não é milagroso

Nutrição

A dieta equilibrada não deixa de ser fundamental nesta época