Como ganhar glúteos: 6 dicas para acelerar os resultados na academia

Treinador revela algumas atitudes simples que podem intensificar o treino e melhorar o desempenho

como ganhar glúteos
Como ganhar glúteos / Foto: Shutterstock

Saber como ganhar glúteos mais rápido é algo que muitas pessoas desejam. No entanto, vale lembrar que a pressa e o exagero, geralmente, jogam contra os seus objetivos na academia. Seja lá qual for o músculo que você mais queira desenvolver – braços, ombros, panturrilhas etc. – é necessário ter constância e optar pelos caminhos corretos.

Mas, como saber quais são esses caminhos? O ideal e mais assertivo é recorrer ao auxílio de um profissional de educação física, para que ele avalie seus objetivos e estágio atual. Dessa maneira, ele saberá indicar corretamente o que é necessário fazer. No entanto, para saber como ganhar glúteos mais rápido, existem também algumas dicas simples, que podem te ajudar.

É o que revela o treinador e assessor esportivo, Leandro Twin. De acordo com ele, existem algumas atitudes simples para desenvolver os glúteos. Confira:

Como ganhar glúteos

1 – Dê prioridade aos glúteos

“Muitas pessoas treinam de qualquer maneira. Se você quer dar uma ênfase para essa região comece por exercícios de glúteos e depois vai para os outros. O rendimento nos outros pode descer, mas não tem problema nessa fase da periodização”, explica.

2 – Não tenha medo de agachar

“Agachamento livre recruta muito dessa região, por isso, muitos homens que realmente agacham pesado não tem a necessidade de fazer exercícios de glúteos. Então, meninas, é importante que vocês façam agachamentos, leg press, afundos… ou seja: exercícios compostos”, diz o treinador.

3 – Todo exercício tem sua funcionalidade

“Porém, não quer dizer que os exercícios isoladores são ruins ou inferiores. Eles são complementares. Alguns colocam os exercícios de caneleira ou elevação pélvica de forma pejorativa, como se não funcionasse, o que não é verdade! Cada um tem o seu papel e você precisa dos dois no treinamento”, aponta Twin.

4 – Trabalhe o glúteo máximo

De acordo com o especialista, ao realizar a flexão do quadril, você ativa o seu glúteo máximo. Isso é muito importante porque é ele que dá projeção e volume para essa região do corpo. Portanto, aposte nos exercícios que exigem a flexão do quadril.

5 – Não esqueça das outras porções do glúteo

“Precisa exigir também do glúteo médio e do mínimo, que nós vamos trabalhar nos exercícios de abdução de coxa como, por exemplo, a cadeira abdutora ou abdução de coxas no cabo. É importante que você estimule o glúteo médio e mínimo, mesmo o efeito estético deles sendo menor”, recomenda o educador físico.

6 – Menos é mais

“Treine os glúteos duas vezes por semana no máximo! Vejo meninas desesperadas colocando glúteos três vezes por semana. Às vezes, na musculação, menos é mais. Assim, duas vezes por semana, com boa intensidade, técnicas avançadas, exercícios compostos e isoladores e não esquecendo dos abdutores de coxa, bem como os flexores de quadris, o resultado vai chegar”, finaliza Twin.

Os comentários estão desativados.

Recomendadas para você