Como transportar a bike no carro? A gente te conta!

Não leve multa. Saiba como realizar o transporte no seu automóvel de forma segura e de acordo com a lei

transportar a bike no carro
Foto: Shutterstock

Está mais do que provado que é possível viver na cidade sem um carro – muito embora boa parte das pessoas sofra por depender de um transporte coletivo deficitário. Mas, em muitas situações, o automóvel é uma necessidade básica para quem precisa levar a bike para competições ou fazer uma trilha no fim de semana. O carro também é um tremendo facilitador para quem deseja pedalar quando está viajando, na praia ou apenas quer passear em ciclofaixas e parques. E existem ótimas dicas para transportar a bike no carro.

Racks de teto, suportes traseiros e de engates, caçambas, reboques e até porta-malas. Existem diversas formas de levar uma bike em um veículo automotivo, mas nem sempre o usuário da magrela sabe como proceder para fugir de possíveis multas. As dúvidas mais comuns dizem respeito à segurança, ao limite de altura para o transporte no teto e como proceder com suportes traseiros, já que eles podem tapar a placa e as luzes e render uma infração e a perda de pontos na carteira de habilitação.

De acordo com o Conselho Nacional de Trânsito (Contran), para se transportar a bike no carro não basta ter apenas uma placa extra. A Resolução 349 diz que é obrigatório o uso de segunda placa traseira de identificação nos veículos quando houver encobrimento total ou parcial da placa traseira. A segunda placa deverá ser oficial. Poderá ser requerida no órgão de trânsito local e lacrada em uma posição visível, ao lado direito da traseira do veículo, podendo ser instalada no parachoque ou na carroceria. As luzes traseiras não podem ser encobertas e as bicicletas não podem ser arrastadas no chão.

Alguns ciclistas acham mais seguro realizar o transportar a bike no carro usando o teto, pois, em caso de colisão traseira a bike não sofre danos. Segundo a norma, válida em todo o país, é permitido transportar bicicletas na parte posterior externa ou sobre o teto do veículo. Para tanto, é preciso que ela seja fixada em dispositivo apropriado, móvel ou fixo, aplicado diretamente ao veículo ou acoplado ao gancho de reboque. A norma diz que, na hipótese de a bike ser transportada sobre o teto não se aplica a altura especificada no parágrafo 2º do artigo 5°, ou seja, a lei a exclui do limite de altura.

 

O modelo ideal

A melhor forma de transportar a bike no carro depende de cada consumidor. O condutor ou o ciclista devem buscar soluções condizentes com o tipo de bicicleta, o uso que será dado a ela e o tipo de carro. Altura e biotipo físico também devem ser analisados na escolha, pois fazem a diferença para quem vai colocar a magrela sozinho no suporte de teto. A marca do suporte também é importante. Vale a pena gastar um pouco mais e adquirir um modelo de uma empresa renomada, que oferece garantia e possui selos de certificação nacional ou internacional. Isso reforça ainda mais a segurança e assegura a aquisição de um produto de qualidade.

Descubra como o trabalho excessivo pode prejudicar sua saúde. Baixe nosso e-book e saiba mais.

Os comentários estão desativados.

Recomendadas para você