4 dicas para quem pretende chegar aos 100 anos de idade

O estilo de vida e a maneira como se alimenta ajudam a determinar até qual idade você irá viver. Então, veja nossas dicas para chegar longe!

4 dicas para quem pretende chegar aos 100 anos de idade
Foto: Getty Images

A expectativa de vida de uma pessoa é determinada por uma série de fatores, inclusive o genético. Mas a dieta tem um papel fundamental. Veja algumas coisas que você pode aprender com o clube dos centenários, pessoas que já chegaram ou estão próximas dos 100 anos de idade.
 
1. Coma vegetais: Um estudo feito pela Universidade de Palermo, na Itália, mostrou que as pessoas com 100 ou mais anos de idade da Sicília tinham uma dieta riquíssima em vegetais e grãos integrais e pobre de carboidratos refinados. Os vegetais são uma das melhores fontes de antioxidantes e fitoquímicos. Já se demonstrou que dietas à base de verduras e leguminosas conseguem desacelerar o processo de envelhecimento.
 
2. Reduza o tamanho das porções: Se um idoso com mais de 80 anos olhar para o tamanho de uma porção hoje em dia, certamente vai se espantar. Antigamente, elas eram, digamos assim, muito mais normais. Reduza o tamanho dos seus pratos e procure comer porções menores, várias vezes ao dia. O segredo é comer até se sentir quase repleto, nunca estufado.
 
3. Drinques? Poucos, por favor. Um estudo já revelou que pessoas que bebem muito e fumam apresentam um envelhecimento prematuro do cérebro, o que acaba por afetar a memória e a rapidez para pensar.

4. Mantenha o condicionamento. É importante saber se você está em forma ou não para tentar chegar aos 100 anos de idade. Para isso, existe um truque simples que mede o grau de condicionamento. Veja como fazer:

Meça a sua frequência cardíaca em repouso, sentado em uma cadeira, e anote (FC1). Em seguida, faça 30 agachamentos profundos, em que as coxas quase desçam no chão, em 45 segundos (no mínimo), e anote a frequência cardíaca ao terminar (FC2). Se acabar os 30 agachamentos antes do tempo determinado, continue fazendo até cumpri-lo. Volte a medir a frequência cardíaca 1 minutos depois (FC3). Aplique a fórmula [(FC1 + FC2 + FC3) – 200]/10. Quanto mais próximo de 0, melhor está seu condicionamento. Valores entre 3 e 8 indicam um bom condicionamento. Contudo, se o valor for mais que 15, ele está muito ruim.

Os comentários estão desativados.

Recomendadas para você