Connect with us

O que você está procurando?

Saúde

Perder peso: erros frequentes para serem evitados em 2017

“Ano novo, vida nova”? Então deixe de cometer os velhos erros na hora de emagrecer!

Mulher ruiva tomando um suco em festa de ano novo
Foto: iStock
[PAGE TITLE]

Para muitos, a frase “Ano Novo, Vida Nova” é estabelecida como lema para o ano que está começando. As resoluções de ano novo incluem mudar a alimentação, fazer exercícios, perder peso e várias outras promessas. Mas logo após as primeiras semanas do ano, o lema já perde força e caímos nos mesmos velhos hábitos. Não se culpe por fazer isso, você não é o único.

Mulher ruiva tomando um suco em festa de ano novo

Foto: iStock

Mas nunca é tarde para mudar e finalmente fazer uma mudança real de hábitos. Para te ajudar a não cometer os mesmos erros dos anos anteriores, conversamos com Rodrigo Polesso, especialista em emagrecimento e Nutrição Otimizada pela Universidade Estadual de San Diego, EUA. Confira essas dicas e entre em 2017 pronto para perder peso de maneira mais saudável!

 

1. Comer menos e passar fome na esperança de emagrecer bem

Para exemplificar esse erro, é como o Dr. David Ludwig da Universidade de Harvard diz: “A solução [para o emagrecimento] está em mudar O QUE comemos e não o QUANTO comemos.” Há pelo menos 4 décadas as pessoas tem focado no controle das calorias e porções e mesmo assim estamos numa era com pessoas cada vez mais gordas e doentes.

Advertisement. Scroll to continue reading.
Mulher com prato quase sem comida

Foto: iStock

Quando falamos em emagrecimento (e saúde também), as evidências científicas são claras. Resultados verdadeiros e permanentes de emagrecimento vem da correção da qualidade do que você come e não simplesmente da quantidade. Realmente, o foco na quantidade e na constante sensação de fome que isso costuma gerar é a forma mais direta de desacelerar o seu metabolismo e dificultar o emagrecimento.

Mas emagrecimento verdadeiro é resultado do funcionamento correto do seu metabolismo e sistema hormonal e isso só é possível de se fazer focando nos alimentos corretos que colaboram para sua saúde e não em se comer menos de alimentos que prejudicam a mesma.

2. Se exercitar intensamente como foco para emagrecer

Assim como o médico canadense Dr. Jason Fung diz: “90% do emagrecimento vem da alimentação e somente 10% dos exercícios, então porque gastamos 50% do nosso tempo focando neles?”

Homem na academia preocupado em perder peso

Foto: iStock

Mais uma vez, a ciência disponível sobre este tema é bastante clara. O corpo é uma máquina que procura gastar energia de forma muito otimizada. Isso significa que ele se ajusta facilmente a carga de trabalho que lhe é imposta. O ganho de peso exacerbado é uma consequência de maus hábitos alimentares e não de puro sedentarismo. Logo, a perda de peso acontece naturalmente quando estes hábitos alimentares são corrigidos.

Exercícios físicos são, sem dúvidas, essenciais. Porém, contar com eles como única estratégia para emagrecer é um dos erros mais comuns e frustrantes cometido pelas pessoas.

Advertisement. Scroll to continue reading.

VEJA TAMBÉM: 6 alimentos que ajudam a perder peso

3. Cair no conto da fada da dieta

A cada dieta errada e restritiva que você faz, fica mais difícil de se obter resultados com sua próxima tentativa. Ficar pulando de dieta em dieta, passando fome de tempos em tempos, obtendo resultados rápidos que voltam como um bumerangue assim que você retorna a seus hábitos normal é uma estratégia extremamente contra-produtiva para se perder peso e se manter saudável.

Pessoa na balança escrito help

Foto: iStock

A dura verdade é que por mais que existam milhares de dietas, nenhuma delas trará resultados permanentes e sustentáveis por si só. O que é necessário para se emagrecer de vez, naturalmente, de forma saudável e manter a boa forma por anos a fio é uma mudança de estilo de vida e não tentativas drásticas e esporádicas que só fazem com que seu corpo se torne mais e mais resistente a mudanças.

4. Achar que comer frequentemente emagrece mais

O mito de que se comer de 3 em 3 horas é algo benéfico ao emagrecimento é difundido diariamente por todos os tipos de pessoas. A verdade é que este hábito não possui nenhuma base científica, além de não fazer o menor sentido se comer mais para perdermos peso.

Advertisement. Scroll to continue reading.
Comer de 3 em 3 horas

Foto: iStock

É por isso que a prática correta do jejum intermitente é também algo que está ganhando bastante atenção. É nos momentos de jejum (não alimentação) que o corpo tende a manter os níveis de insulina e açúcar no sangue controlados, permitindo que a gordura estocada seja queimada naturalmente e não durante uma rotina alimentar frequente que não dá nenhuma pausa do corpo.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Advertisement

Você também vai gostar

Fitness

Treinador explica como priorizar o músculo com eficiência e sem passar do ponto

Fitness

Treinadora conta o segredo para conseguir aumentar o gasto calórico sem precisar sair de casa

Nutrição

Além de saudável, alimento consegue aumentar a força do organismo em vários sentidos

Corrida

Problema é comum entre corredores e precisa de paciência para ser resolvido