Quando os suplementos alimentares são perigosos?

Nutricionista destaca os problemas causados por suplementos alimentares e indica quem deve consumi-los

Suplemento caído perigos dos suplementos alimentares
(Foto: Reprodução)

Um dos produtos mais procurados para ganho de massa muscular e emagrecimento são os suplementos alimentares. Entre os principais disponíveis no mercado estão os repositores energéticos, hipercalóricos, vitamínicos, termogênicos e pré-hormonais. No entanto, o que poucos sabem é que o ganho de massa muscular pode ser alcançado sem a utilização do suplemento, baseado apenas em dieta muito bem equilibrada e com proteínas, leguminosas, leite, queijos, castanhas e, principalmente, muita disciplina. A verdade é que poucas pessoas conhecem os perigos dos suplementos alimentares.

Em 2016, a Associação Brasileira da Indústria de Alimentos para Fins Especiais e Congêneres (ABIAD) divulgou uma pesquisa que demonstrou que os suplementos então presentes em 54% dos lares brasileiros. Nessas casas, ao menos um indivíduo afirmou consumir suplementos, como cápsulas de Ômega 3 ou de minerais como cálcio ou ferro.

“O suplemento é indicado para atletas de alto nível e pacientes críticos que não conseguem atingir, dentro de uma dieta, as calorias necessárias e os nutrientes que seu corpo precisa”, explica a nutricionista do SPA Sorocaba, Mirian Lacerda. Ela ainda aponta alguns dos problemas  mais comuns, causados por suplementos alimentares.

Perigos dos suplementos alimentares:

 

A dica da nutricionista é que os consumidores sempre desconfiem caso o produto prometa resultados ”milagrosos”. Além disso, ela ainda ressalta que ter um corpo definido ou emagrecer de forma saudável não é rápido e nem fácil. Ter uma alimentação balanceada e fazer exercícios regulares é sempre o melhor caminho.

Edição: Leonardo Guerino

Os comentários estão desativados.

Recomendadas para você