Tênis para academia: como escolher o calçado certo para treinar

Utilizar qualquer modelo pode causar desconforto, lesões e até mesmo fraturas. Saiba como escolher um bom tênis para academia

Tênis para academia
Tênis para academia / Foto: Shutterstock

Escolher o tênis para academia não é tarefa fácil, já que são os pés os responsáveis por absorver grande parte do impacto do nosso corpo. O calçado ideal para treinar deve ter um bom amortecimento, proporcionar estabilidade e permitir flexibilidade e ventilação. É indispensável também que seja confortável ao vestir e adequado para o seu tipo de pisada. Só assim é possível garantir o bem-estar dos pés durante o treino.

“Sapatos mal ajustados podem ser dolorosos e causar problemas sérios nos pés como: calos, joanetes, deformidade nos dedos, dor no calcanhar e até fraturas por estresse”, alerta o ortopedista Dr. Bruno Miranda, membro da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia (SBOT). Na hora do treino, a escolha do calçado ideal faz ainda mais diferença.

Ao comprar um bom tênis para academia é importante não se perder entre a grande variedade disponível no mercado. Confira algumas dicas que vão te ajudar a escolher o calçado certo!

Conheça o seu tipo de pisada

Para conhecer o seu tipo de pisada é recomendado procurar um médico ortopedista, ele será capaz de realizar uma avaliação completa. Contudo, há alguns elementos que podem te ajudar a identificar qual pisada é a sua.

O primeiro é o formato do seu pé, que pode variar entre três categorias: o pé plano, o pé cavo e o pé normal. Além do formato, a disposição dos joelhos, dos quadris e a flexibilidade das articulações também impactam na maneira de pisar. 

Saber qual a sua pisada auxilia na escolha de um bom tênis para academia. Conheça os três diferentes tipos:

Pisada neutra: o usuário realiza o impulso das pernas por meio das passadas, com uso predominante da parte frontal dos pés. Quem tem pisada neutra tem menos restrições em opções de calçado.

Pisada supinada: o usuário usa predominantemente a parte externa dos pés, promovendo o impulso com o dedo mínimo e concentrando o esforço nos calcanhares e lados externos. Nesse caso, o tênis ideal deve ter um bom sistema de amortecimento e controle de estabilidade.

Pisada pronada: promove o movimento com a parte lateral dos calcanhares e finaliza com o dedão. É o tipo de pisada mais comum, com predominância em mulheres. O calçado para quem tem pisada pronada deve ter um amortecimento eficiente e boa estabilidade.

Invista em um tênis com bom amortecimento

O sistema de amortecimento do tênis para academia tem ainda mais relevância em exercícios de caminhada ou corrida, situações em que o impacto recebido pelos pés pode chegar a 1,5 vezes o peso corporal. Um bom amortecimento deve minimizar esse impacto, proporcionar estabilidade e flexibilidade, e ainda garantir conforto.

Qual número escolher

A numeração do tênis para academia não é tão simples quanto parece. O calçado ideal não pode apertar os pés, assim como não pode ficar largo. Os números podem variar entre os diferentes modelos e marcas, por isso, ao comprar de um fabricante desconhecido é recomendado optar por um número maior que o habitual. Em todo caso, é imprescindível experimentar o calçado e avaliar se seus pés têm espaço suficiente para uma movimentação segura e confortável.

Tenha garantia de estabilidade

A estabilidade é um critério indispensável em tênis para academia. Um bom calçado deve proporcionar segurança e manter os pés alinhados durante a prática de exercícios, sem riscos de escorregar.

Flexibilidade e tração

Em situações de movimentação intensa, como na academia, é fundamental contar com flexibilidade e tração. Isso porque esses são recursos valiosos para proteger as articulações durante os exercícios. Em exercícios aeróbicos na esteira, por exemplo, o usuário tem toda a região do pé protegida, evitando lesões provocadas por atrito.

Os comentários estão desativados.

Recomendadas para você