Albumina: conheça os benefícios e funções da proteína

A albumina é um tipo de proteína cada vez mais utilizado na suplementação. Descubra seus benefícios e saiba como consumir!

benefícios da albumina
Foto: Getty Images

Os benefícios da albumina são inúmeros, segundo a nutricionista Erika Almeida. A proteína, encontrada na clara do ovo, possui triptofano (estimulante da serotonina), que dá uma sensação de bem-estar. Além disso, apresenta vantagens até para quem deseja emagrecer.

De acordo com um estudo publicado no periódico científico Nutrition Research, pessoas que ingerem ovos no período da manhã consomem menos calorias ao longo do dia. Ou seja, esse suplemento pode diminuir a fome e auxiliar na saciedade.

Outros benefícios da albumina

Mas, os benefícios da albumina não param por aí. Por ser proveniente do ovo, ela apresenta maior quantidade de proteínas que o leite, de acordo com um artigo internacional publicado no Nutrition Today. Quando comparada ao whey protein, a albumina tem características diferentes. Uma delas é a velocidade de absorção: enquanto o whey protein é considerado uma proteína de curta absorção, a albumina é de longa absorção.

O suplemento também é bastante eficiente na prevenção da sarcopenia, perda de massa e de força na musculatura esquelética, provocadas pelo envelhecimento.

Foto: Pixabay

A albumina de 22 a 24 gramas de proteína a cada dose de 30 g. É uma proteína de alto valor biológico e possui os aminoácidos (isto inclui glutamina, BCAAs e todos os essenciais) que o corpo necessita para a construção da massa muscular.

Indicações e restrições

A proteína é indicada para qualquer período do dia – para quem quer ter boa quantidade de proteína em circulação – ou antes de dormir – para permanecer no organismo por mais tempo, aumentando a oferta de aminoácidos visando a formação de novas proteínas.

Foto: Getty images

Por se tratar de uma proteína, o consumo em excesso de albumina pode levar a problemas renais. Consulte sempre um especialista a fim de evitar complicações.

No início do uso do suplemento, é comum a pessoa passar por um aumento da atividade intestinal. Isso ocasiona maior produção de gases flatulentos, com alguns quadros podendo se desenvolver a uma diarreia.

Hipertensos precisam ter cuidado redobrado por ser de característica osmótica, a proteína ajuda a puxar mais água para dentro das células e dos vasos sanguíneos. Já pessoas alérgicas a ovo não devem consumir o suplemento, pois é produzido a partir dele.

Os comentários estão desativados.

Recomendadas para você