Como escolher Whey: 5 coisas para checar antes de comprar

Você fica em dúvida na hora de comprar esse suplemento? Então confira dicas para isso

dicas para comprar whey protein
Foto: Getty Images

Ele se tornou um dos suplementos mais populares dos atletas de academia. Com as novas regras da Anvisa, esses produtos passam também a ser vendidos em supermercados e farmácias, facilitando ainda mais o acesso. Mas você sabe como escolher Whey Protein?

Primeiramente é preciso uma indicação de um profissional para consumi-lo. As informações da embalagem ajudam a entender melhor, mas podem acabar sendo insuficientes para saber quais suplementos tomar e os cuidados que se deve ter. Para isso, contamos com a ajuda do nutricionista esportivo Diogo Círico, da Growth Supplements.

Tipos de whey

O primeiro elemento de como escolher Whey é reparar que existem três tipos de produto: concentrado, isolado e hidrolisado. E não é apenas os preços que os diferenciam de acordo o nutricionista. “O Whey Concentrado e Isolado passam por ultrafiltração e secagem por spray dry, garantindo alta concentração proteica. O Concentrado passa por menos processos de filtragem e por isso pode incluir carboidratos e gorduras”, explica.

como escolher whey

Foto: Getty Images

Já o Whey Isolado tem filtragem mais específica, garantindo proteínas mais “puras” e o Hidrolisado passa por um processo chamado hidrólise, que quebra as moléculas de proteína mudando sua composição. O profissional aconselha que antes de comprar um produto é melhor entender suas necessidades e encontrar a versão que mais se enquadra dentro de seu custo-benefício.

Como escolher Whey Protein

O sabor também influencia alguns aspectos da composição do seu Whey Protein. Ou seja, escolher um de sabor natural ou um de sabor cookie pode impactar também nos efeitos ao organismo. Isso porque alguns dos sabores oferecem elementos sintéticos que podem produzir efeitos indesejados à saúde. “Os produtos com sabores recebem aditivos alimentares, estes ingredientes são substâncias que podem aumentar seu tempo de validade e melhorar suas características organolépticas”, explica o profissional.

Em contrapartida, quando em excesso, eles podem trazer inúmeros malefícios à saúde. Um dos mais comuns seria elevação do estresse oxidativo das células. Por esse motivo, recomenda-se optar pelos produtos na sua versão “sabor natural”, ressalta o nutricionista. A atenção deve estar na tabela nutricional e nos ingredientes contidos na formulação.

como escolher whey

Foto: Getty Images

E não adianta nada apostar no suplemento mais caro sem dar a devida atenção às matérias-primas usadas. A garantia dos melhores recursos também possibilita que você tenha mais confiança no produto e em seus resultados. “Em geral, vale a pena apostar em matérias-primas de fabricantes conceituados. Isso tanto para o Whey Protein quanto para outros suplementos, como creatina”, explica Círico.

Segundo a legislação, o Whey concentrado precisa ter de 35% a 80% de proteínas na composição. Já o isolado varia de 90% a 95%, o hidrolisado podendo ser fabricado a partir do concentrado ou isolado poderá ter grande variação na sua concentração proteica. O grande mito é que o produto mais caro oferecerá maiores resultados. O produto mais caro dos três tipos é o hidrolisado. Trata-se de um produto que traz as proteínas do soro do leite previamente digeridas (hidrolisadas).

Esta característica traz implicações metabólicas específicas, como controle da glicemia, menor tempo de digestão, entre outros. “Essa versão poderia ser indicada para pacientes com complicações gástricas, como indivíduos que passaram por cirurgia bariátrica ou os alérgicos às proteínas do leite”, ressalta o nutricionista da Growth. Essa linha de produtos pode ter qualquer concentração e por isso é preciso sempre olhar com atenção a embalagem.

Carboidratos e gorduras

Também existe uma crença da população sobre aspectos negativos dos carboidratos e gorduras do Whey. É importante entender que a presença desses nutrientes (quando em baixa quantidade) não trará nenhum efeito negativo à dieta, mesmo que o foco seja a redução de gorduras.

como escolher whey

Foto: Getty Images

“Muitas pessoas acreditam que o Whey Concentrado pode atrapalhar a redução de gorduras pelo fato de conter pequena quantidade de carboidratos e gorduras, mas isso não é fato. O que realmente importa é saber se você possui necessidade nutricional por um produto específico como isolado ou hidrolisado ou se estará bem amparado com um produto na sua versão concentrada”, explica o nutricionista da Growth.

Lembrando que antes de escolher qualquer suplemento, é essencial procurar um nutricionista. Iniciar uma dieta com mudanças bruscas de hábitos alimentares, exige acompanhamento de um especialista. Só um profissional habilitado saberá te explicar para que serve cada um dos suplementos, e ensinará como escolher o Whey correto para você.

Os comentários estão desativados.

Recomendadas para você