Dieta de verão: 3 tipos de alimentos que não podem faltar

Seja para emagrecer, manter o físico ou fortalecer a saúde. Nutricionista revela quais ingredientes são os mais indicados nessa época do ano

dieta de verão
Dieta de verão / Foto: Shutterstock

Dieta de verão é algo que muitos tentam fazer. Mas, será que conseguem executar da maneira correta? Geralmente, motivados com o início de um novo ano, pessoas traçam metas de emagrecimento e mergulham de cabeça no mundo fitness por algumas semanas. O problema é manter os hábitos saudáveis sem que isso se torne uma obrigação dolorosa.

No entanto, manter o foco na dieta de verão, ou em qualquer outro plano alimentar saudável, não é uma tarefa tão difícil assim. O ideal mesmo é ter consciência de que, para obter bons resultados e alcançar objetivos sólidos, é preciso ter longevidade e adotar um estilo de vida saudável. Afinal, é praticamente impossível conseguir mudanças definitivas em algumas semanas.

Nesse caso, podemos utilizar a dieta de verão para que ela atenda algumas necessidades específicas dessa época do ano. Além do desejo de entrar em forma, é preciso levar em consideração outras questões de saúde e bem-estar.

“No verão, o essencial é se hidratar, principalmente, com água. Mas, sem deixar de lado os sucos naturais e a água de coco. Frutas, saladas e carnes magras também devem fazer parte do cardápio no verão porque são mais leves, de fácil digestão e não causam aquela sensação de mal-estar após as refeições”, explica a nutricionista, Bettina Del Pino.

A especialista também separou três tipos de alimentos que não podem faltar na dieta de verão. Confira:

1 – Gorduras “do bem”

Isso mesmo, as gorduras são fundamentais para uma alimentação equilibrada. É preciso ter cuidado apenas com a origem delas. O ideal, na dieta de verão ou em qualquer outra estratégia, é optar por opções naturais.

“Para deixar o prato leve e não sucumbir à moleza e má digestão depois de um almoço em dias muito quentes, alimentos com gordura monoinsaturada, que reduzem o colesterol como o abacate e as castanhas, são boas opções. Também é recomendado evitar frituras e outras porções com muita gordura”, explica Bettina.

2 – Alimentos anti-inflamatórios

Sabe aquela sensação de inchaço, que teima em desaparecer? Ela pode ser causada por inúmeros fatores, como retenção de líquidos e processos inflamatórios exagerados no organismo. E a dieta de verão é capaz de auxiliar no combate desse incômodo.

“Para evitar inchaços, os ingredientes anti-inflamatórios são as melhores alternativas. Fonte de ômega-3, os peixes grelhados no azeite, acompanhados de verduras e hortaliças, além de frutas vermelhas na sobremesa, são alternativas interessantes para a dieta”, diz a nutricionista.

3 – Frutas cítricas

É inegável o poder que as frutas possuem. Além de, por diversos fatores, auxiliarem o processo de emagrecimento, elas ainda conseguem fortalecer a imunidade e até mesmo gerar um efeito anabólico natural. Na dieta de verão, no entanto, as melhores opções são as cítricas.

De acordo com Bettina, elas contribuem com o sistema imunológico por fornecerem boas quantidades de vitamina C. Frutas cítricas como laranja, abacaxi, acerola e limão são as mais indicadas para essa época do ano.

Fonte: Bettina Del Pino, nutricionista da Dietbox, startup de nutrição.

Os comentários estão desativados.

Recomendadas para você