Connect with us

O que você está procurando?

Busca

Corrida

Famílias que correm juntas

Pai, mãe, filhos grandes e pequenos. Reunir o povaréu de casa para correr pode fazer com que você melhore os seus resultados e dar ainda mais motivação para enfrentar uma prova

Companhia sempre é bom (quem não gosta?), ainda mais quando é da sua família. Pais, mães, filhos e até primos correndo juntos é mais comum do que se possa pensar. De famílias que têm a corrida como parte de sua “essência” a loucos o suficiente para conseguir reunir até tios em torno de uma prova, todos eles têm algo em comum: o fortalecimento dos laços familiares promovido pela corrida.

+ Homens que foram inspirados por suas companheiras a se apaixonar pela corrida 

Foto: Shutterstock

Foto: Shutterstock

Conheça algumas histórias que certamente vão inspirar você!

Tudo pelo recorde mundial

Quantas vezes você consegue reunir 31 membros da sua família para um evento? Para o aniversário de 90 anos da vovó, talvez? Ou para a boda de um casamento duradouro? Pois essa família de irlandeses teve um outro motivo, digamos, peculiar: tentar quebrar o recorde mundial e entrar para o livro Guinness dos Recordes.

Na edição 2014 da Maratona de Dublin, nada menos do que 31 membros se prepararam para correr, em bando, os 42 km na capital da Irlanda. “Nossa família sempre praticou esportes junta. Meu pai, Owen, e outros sete tios decidiram correr a prova pela primeira vez em 1984 e isso já rendeu aos Hughes o recorde de maior número de familiares a completar uma maratona. Foi aí que começou a ideia de quebrar cada vez mais recordes. Nós não treinamos em grupos, só nos juntamos para nos preparar para a maratona”, conta Jennifer, filha de um dos precursores da corrida na família, com exclusividade à Sport Life.

1

O espírito competitivo e a vontade de vencer estão impregnados nas veias dos Hughes desde que a segunda geração, à qual Jennifer faz parte, era criança. “Passamos muitos verões em uma linda praia em Westport, norte da Irlanda. Lá, éramos colocados frente a frente, ainda pequenos, para praticar a corrida, na água, em um jogo ou na própria pista. Esse espírito cresceu com a gente. Quando você corre com um parente, ele não hesita em chamar a sua atenção, se for preciso, e não o deixa desistir. Esse sentimento faz parte de nossa essência”, conta Jennifer.

Uma verdadeira equipe 

A família Santos, de São Paulo, não se desgruda. Cintia, Fabio e a filha Raphaela encontraram na corrida a maior motivação para estar sempre juntos. Aos 31 anos, Cintia é mãe da adolescente Raphaela, 16. “Engravidei muito cedo, mas a corrida nos aproximou. Como somos todos jovens, falamos a mesma língua, e a corrida só nos tornou mais companheiros. Mais do que pai e mãe, nos tornamos melhores amigos.”

2

O esporte entrou na vida dos Santos quando Cintia decidiu mudar de vida e fugir do sedentarismo. “Estava com sobrepeso e problemas de saúde. Praticando corrida consegui emagrecer 13 kg em três meses. Minha qualidade de vida melhorou 99%. Eu fiquei mais disposta, mais animada e mais alegre, e eles perceberam isso”, explica. Apenas seis meses depois de sua esposa começar a treinar, Fabio decidiu embarcar na mesma onda. A filha, Raphaela, treina há oito meses. “Temos um grupo de corrida no Sesc Ipiranga, em que os três treinam juntos durante a semana. Correr em família te dá um gás a mais”, conta Cintia.

Hoje, o objetivo dos três é único, como explica a mãe: “Hoje o foco é um só: qualidade de vida, mas, claro, a gente também discute depois da corrida, fala do tempo de cada um, conversamos sobre os treinos, nos incentivamos e nos policiamos na alimentação. Somos uma verdadeira equipe.”

Fortalecendo laços 

A corrida entrou na família Bisan para dar uma força a um membro que precisava se exercitar. “Em 1995, me descobri com diabetes tipo 1. Eu sempre pratiquei esportes, mas percebi que a corrida era o que mais me ajudava no controle da doença”, confessa Emerson Bisan.

As rotinas de treinos acabaram por estimular o pai de Emerson a, ele também, dar as primeiras passadas. “Um ano após o diagnóstico, corri a minha primeira maratona ao lado do meu pai. Desde então, nunca mais parei. Já são 61 maratonas completadas.” A paixão pela corrida tomou tanto vulto, que Emerson decidiu abrir, em 2010, uma assessoria esportiva, a Nova Equipe. “Por estar me especializando em corrida e atividade física para diabetes, montei a assessoria esportiva. Temos alunos que visam todos os objetivos possíveis”, diz.

Untitled-1

 

Em 2011, a mulher dele, Áurea, até então uma “fiel escudeira” (acompanhava o marido em todas as provas e torcia muito), decidiu também mergulhar nesse universo. “Deixei de só acompanhar e decidi começar a correr. Como o Emerson corria muito, tive de correr atrás”, relata ela, hoje ultramaratonista. “Até então, eu cuidava das crianças, mas quando comecei a correr minha vida mudou por completo. Fiz grandes amizades, conheci uma porção de lugares. Hoje eu cuido da parte financeira, administrativa e do marketing da assessoria.”

Com a corrida tão presente na vida do casal, não foi estranho que a paixão pelo esporte passasse às filhas, Gabriela, 9, e Isadora, 7. “Minha rotina é muito intensa, assim, não há nada melhor do que conseguir juntar trabalho, lazer, hobbie e família. Às vezes até me perco”, conta o pai feliz. Áurea completa: “Por mais que a gente tente fugir, todo o nosso ciclo de amizades, nosso dia a dia e nossas viagens giram em torno da corrida. As meninas não fogem disso.” As pequenas já disputam provas mirins e adoram o esporte, que, segundo os pais, nunca foi imposto a elas. “Sabemos o quanto é importante que elas pratiquem um esporte, mas a gente nunca as obrigou a correr”, afirma Emerson.

Os Bisan valorizam cada detalhe dessa união promovida pela corrida. “A ligação com a corrida é muito mais que pensar no lado profissional, lazer ou saúde. A família faz parte disso. Quanto mais próximos estiverem, mais intenso é o laço”, finaliza Emerson.

Escrito por

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Advertisement

Últimas Noticias

Nutrição

Entenda como o açúcar pode estar presente na sua alimentação de maneira disfarçada

Nutrição

Esse alimento é uma figurinha famosa mas mais diversas dietas saudáveis

Nutrição

Mais uma prova de como adaptar o doce no seu dia a dia

Nutrição

Alimentos ricos em nutrientes e vitaminas impactam no bom funcionamento da visão

Saúde

Outro estudo que denota o perigo do consumo dessa bebida

Treinos

Essa compreensão é importante antes de montar cronograma de treinos

Advertisement

Você também vai gostar

Corrida

Brian Naykki venceu o sedentarismo e mudou de vida graças à corrida. O americano precisou de um empurrãozinho de seu médico e logo começou...

Corrida

Conheça a história inspiradora de Débora Aquino, blogueira que buscou motivação na corrida e venceu o câncer de mama

Saúde

Corredor encontrou no esporte inspiração e com muita força e determinação conseguiu mudar de vida e elevar sua autoestima através da corrida

Corrida

"Vida Corrida", da jornalista Angélica Brum, conta a história de 6 pessoas viciadas pela corrida