Connect with us

O que você está procurando?

Fitness

FST-7: técnica avançada para aumentar a hipertrofia muscular

Método melhora o alongamento muscular e permite uma contração mais eficiente

FST-7
FST-7 / Foto: Shutterstock

FST-7 é uma técnica avançada de musculação. Afinal, ela tem o objetivo de aumentar a intensidade do treino e acelerar o ganho de massa muscular (hipertrofia). Assim como o drop-set, a pré-exaustão ou o GVT, o método usa algumas práticas simples que aumentam a dificuldade com segurança e, consequentemente, deixam o estímulo mais eficiente.

“A técnica do FST-7 aumenta consideravelmente a densidade do treino e, por melhorar a flexibilidade, nós conseguimos uma melhor hipertrofia muscular. Costumo utilizar com posterior de coxa e panturrilha com os meus alunos, que são músculos que normalmente temos encurtados em maior nível de incidência. Mas, a técnica pode ser utilizada em qualquer grupamento muscular”, conta o educador físico, Leandro Twin.

De acordo com o especialista, o FST-7 foi criado por Hany Rambod, renomado treinador de fisiculturistas, que já preparou grandes estrelas e campeões do Mr. Olympia, como Jay Cutler e Phil Heath. E consiste, basicamente, em aumentar o alongamento para promover uma contração muscular mais eficiente.

Como fazer FST-7

“Serão feitas sete séries com 30 segundos de descanso em cada uma delas. Porém, agora vem a diferença, os 30 segundos de descanso são, na verdade, uma pausa ativa em que serão feitos alongamentos referentes ao músculo que você está trabalhando. Então, caso você escolha um peck deck, você vai fazer, entre as sete séries, 30 segundos de alongamento. Isso melhora a flexibilidade e a vascularização do músculo”, explica Twin.

Antes, era comum que o FST-7 fosse aplicado só em exercícios isoladores. Ou seja, aqueles que utilizam apenas um músculo e articulação. No entanto, com o passar do tempo, alguns profissionais começaram a adotar o método em movimentos multiarticulares também. No entanto, é necessário ter acompanhamento.

“São sete séries de 12 movimentos até a falha. Sendo até a falha, dificilmente conseguiremos a falha na 12º sempre. Mas, ficando entre 10 e 14 movimentos até a falha é um alvo muito bom. Hany Rambod sempre citava que deveria ser feito no último exercício. Porém, observo muitas melhorias se feito em primeiro, já que o aumento da flexibilidade causado pelos alongamentos pode influenciar durante todo o treino”, finaliza Twin.

Escrito por

Advertisement

Últimas Noticias

Eventos

Espaço dedicado para os nutricionistas ampliarem a sua visão de negócios

Eventos

Aproveite a Meia Maratona Internacional de SP e descubra o que é necessário para completar o seu circuito

Treinos

A disciplina é o que importa para conquistar ganhos expressivos

Nutrição

Trio que ajuda a sustentar a prática do exercício do prazer

Treinos

O conceito de “passo a passo” ajuda na construção de uma vida física ativa

Treinos

Esse aparelho desperta curiosidade de quem mantém vida física ativa

Advertisement

Você também vai gostar

Treinos

Movimentos incorretos e sobrecargas acarretam em danos nessa região do corpo

Treinos

Esse tipo de questionamento é comum principalmente para o iniciante

Nutrição

Alimentos naturais podem oferecer diversos benefícios que contribuem diretamente para a hipertrofia

Fitness

Os segredos para conquistar um físico forte e definido estão diretamente relacionados com o estilo de vida adotado