5 dicas para malhar com mais segurança

Saiba como evitar lesões e garantir um bom desempenho nos exercícios físicos

Como malhar com segurança? Veja dicas úteis para o dia a dia
Foto: Freepik

Mesmo quem já frequenta a academia ou pratica algum esporte há um bom tempo deve estar sempre atento à segurança e conforto. Treinar de forma adequada não só ajuda e evitar lesões e incômodos, como também garante um bom desempenho. O educador físico Diego Lopez selecionou 5 dicas essenciais para malhar com segurança em diversas situações. Confira e bom treino!

5 dicas para malhar com segurança

1. SAIBA LIDAR COM O EQUIPAMENTO

Principalmente quem faz musculação. Entender como funciona e preparar cada máquina é essencial para evitar ferimentos e garantir a progressão. Quem ainda é iniciante deve pedir ajuda a um profissional para entender a mecânica de cada equipamento. Reconhecer os limites de peso e ritmo de exercícios também é fundamental. “As lesões musculares relacionadas ao aquecimento mal executado e o excesso de cargas são as mais frequentes”, explica.

2. ROUPAS E EQUIPAMENTOS CERTOS

Cinturões pélvicos, luvas e a roupa adequada para cada esporte podem fazer toda a diferença. Quem pega pesado na musculação sabe que as mãos sofrem atrito e impacto, devendo ser protegidas por quem deseja prevenir calos ou outras lesões. Uma roupa ajustada ao corpo do atleta e um tênis específico para a atividade também são essenciais.

3. CUIDADO COM OS ACESSÓRIOS

Fones de ouvido, celulares, frequencímetros ou qualquer acessório que não se encaixe ao corpo do atleta e fique “solto”, pode causar pequenos acidentes ou atrapalhar a concentração durante o treino. Escolha os ideais para você e seu tipo de esporte, sempre testando antes da prática.

4. TENHA UM OBJETIVO

Não malhe apenas por malhar. Seja perder peso, aumentar o condicionamento físico ou ganhar massa muscular: defina um foco e adeque o seu treino a ele.

5. TENHA SEMPRE UM PROFISSIONAL POR PERTO

Não invente treinos sozinho ou comece qualquer tipo de atividade por conta. Apenas com a orientação de um profissional médico e de educação física você poderá treinar de forma segura e adequada aos seus limites.

 

Edição: Leonardo Guerino

 

Gostou das dicas? Não deixe de nos acompanhar nas redes sociais para saber mais sobre saúde e esporte: InstagramFacebook e Twitter!

Os comentários estão desativados.

Recomendadas para você