Massagem desportiva ajuda na recuperação muscular

Técnica ajuda no pré e no pós-treino de corredores, ajudando inclusive a melhorar o desempenho

Foto: Pixabay
Foto: Pixabay

Foto: Pixabay

massagem desportiva é um procedimento que reúne um conjunto de técnicas cujo objetivo é melhorar o tônus muscular e proporcionar o aumento da performance. “Ela envolve a manipulação e a reabilitação dos tecidos moles do corpo, incluindo músculos, ligamentos e tendões”, explica  Leandro Freitas, fisioterapeuta do The Spa, especializado em reabilitação muscular e fisioterapia desportiva.

Se feita antes do treino, a massagem, que ativa pontos-chave do corpo através do movimento acelerado das mãos, prepara e aquece a musculatura, promove a vasodilatação e aumenta o fluxo de sangue para aquela região, estimulando-a. Já no pós-treino, a técnica muda, sendo a manipulação mais lenta e profunda, resultando numa ação desintoxicante. “O objetivo é recuperar as fibras musculares, eliminando resíduos metabólicos do corpo (como, por exemplo, o ácido láctico, responsável pela dor na musculatura no dia seguinte ao exercício) através da drenagem sanguínea e linfática. Além disso, acelera a regeneração do atleta e favorece a nutrição celular”, diz o fisioterapeuta.

 

Veja também: Tenha um sono melhor em 3 passos

Claro, a massagem, sozinha, não ajuda na recuperação do corredor. Tão importante para a recuperação e o alívio de dores musculares é manter uma alimentação equilibrada, alongar, repousar e se hidratar. De acordo com Freitas, no dia seguinte à prática de exercícios intensos é recomendável fazer somente atividades mais moderadas, como uma caminhada ou até uma hidromassagem, porque o corpo leva cerca de 24 horas para se recuperar totalmente. “Atividades mais leves ajudam a recuperar e a relaxar a musculatura, já que dissipam e neutralizam o ácido láctico, substância produzida durante grandes esforços físicos e uma das causadoras das dores musculares”, indica o fisioterapeuta.

Os comentários estão desativados.

Recomendadas para você