Connect with us

O que você está procurando?

Corrida

Vencedores da INDOMIT Costa Esmeralda Ultra-Trail conquistam novos recordes

Prova reuniu aproximadamente mil atletas nos percursos de 100, 80, 50, 21, 12 e 5km

Foto: Ney Evangelista/NGFotos
[PAGE TITLE]

A chuva deu uma trégua nesse sábado (7) e os quase mil atletas inscritos na INDOMIT Costa da Esmeralda Ultra-Trail aproveitaram as condições perfeitas para a realização da segunda edição do evento. Com um cenário exuberante entre Bombinhas e Porto Belo, os corredores desfrutaram um clima perfeito para os desafios de 100, 80, 50, 21, 12 e 5km. Na principal disputa do final de semana, o local Giliard Pinheiro, e a paranaense Ana Giovanelli repetiram o feito da INDOMIT Vila do Farol – 42km, realizada em agosto, e conquistaram o título mais uma vez, ambos com quebra de recorde da prova.

+ Confira a agenda completa de eventos 

Foto: Ney Evangelista/NGFotos

Foto: Ney Evangelista/NGFotos

Com largada a 00h00 deste sábado, os atletas dos 100km tiveram pela frente um percurso muito técnico. As chuvas que caíram ao longo da semana deixaram algumas partes, principalmente as de trilha, molhadas o que exigiu bastante atenção dos competidores. Mesmo assim, durante as primeiras passagens em postos de hidratação os ultramaratonistas reforçavam a tese de que a prova seria muito rápida. Até o 38km, Giliard Pinheiro e Carlos Magno estavam juntos na liderança, mas dali em diante o atleta de Bombinhas começou a abrir diferença até cruzar os 100km, próximo das 10h da manhã.

“Eu estou meio aéreo ainda, foi uma noite virada, mas estou muito contente”, disse Giliard logo após cruzar a linha de chegada ao lado de sua esposa e filhas. “Correr em casa me deixa muito confortável. Uma coisa que me toca muito nas provas lá de fora é não ter a minha família na hora que eu termino as provas, então poder curtir esse momento com elas aqui foi muito bom”, completou Giliard, dono da marca de 10h02min34seg.

Advertisement. Scroll to continue reading.

O ritmo de Giliard foi tão impressionante, que os adversários começaram a chegar quase 50 minutos depois do campeão. Inclusive, a disputa do segundo lugar também foi um atrativo com Carlos Magno e Felipe Silva terminando empatados.

Foto: Ney Evangelista/NGFotos

Foto: Ney Evangelista/NGFotos

Impressionante também foi o ritmo de prova da paranaense Ana Giovanelli. Quilometro a quilometro a ultramaratonista confirmava com suas passadas algo que poucos acreditavam que pudesse acontecer. Ana não só venceu a prova com larga vantagem como pulverizou o recorde anterior da competição em quase duas horas, finalizando os 100km e 12h36min30seg.

“Ano passado eu fiz os 80km aqui e ganhei a prova. Desde aquele dia eu me dediquei para voltar aqui e vencer os 100km. A prova é linda, desafiadora e a sensação que estou sentindo é inexplicável”, comemorou muito Ana, que também foi recepcionada por um grande grupo de amigos e familiares.

Campeã dos 100km em 2014, a catarinense Débora Simas completou a prova na segunda posição com 14h27min44seg, e em terceiro lugar ficou Ligia Silveira, após 14h31min28seg.

Advertisement. Scroll to continue reading.

 

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Advertisement

Você também vai gostar

Saúde

Aplicado como preenchimento para aumentar a musculatura, óleo mineral pode ser fatal

Fitness

Treinador explica os riscos de realizar certos movimentos de maneira inadequada na academia

Condicionamento Físico

Parar de praticar exercícios físicos por um tempo pode dificultar a volta para a academia. Confira como readaptar o corpo e recuperar o ritmo

Emagrecimento

Especialista em emagrecimento revela três benefícios da perda de peso que vão além dos fatores estéticos. Ganhos podem servir de motivação