10 alternativas para trocar na alimentação e emagrecer

Algumas trocas fáceis de serem feitas na nossa alimentação podem ajudar – e muito – a perder peso. Confira 10 dicas!

10 alternativas para trocar na alimentação e emagrecer
Foto: Shutterstock

Tem gente que faz muitas maluquices na hora de mudar a alimentação para perder peso. Contudo, algumas mudanças simples são bem mais fáceis de fazer e vão garantir um bom resultado. Listamos 10 opções para você adotar. Confira!

1. Canela no lugar de açúcar. Estudo do Centro de Pesquisas do Departamento de Agricultura dos EUA mostrou que a canela ajuda a baixar os níveis de açúcar no sangue. Quando a glicemia está alta, o pâncreas é forçado a secretar insulina, hormônio responsável por carregar o açúcar da corrente sanguínea para dentro das células, fazendo os níveis caírem. Excesso de insulina leva o açúcar a ser estocado na forma de gordura. Assim, se a glicemia baixa, ajudada por essa especiaria, as chances de emagrecer aumentam.

2. Troque o café pelo chá. Ele é uma opção mais saudável para o dia a dia. A mistura de cafeína e antioxidantes da bebida é estimulante, previne tumores, ajuda a oxidar gorduras e aumenta o gasto calórico.

3. Use algas em suas receitas. Elas não só são pouquíssimo calóricas, como são fontes de proteínas, fibras, cálcio e iodo. Algas são consideradas depurativas, por sua riqueza em mucílagos e alginatos, substâncias capazes de absorver metais pesados dos tecidos e eliminá-los nas fezes. Elas também são excelentes auxiliares dos regimes para emagrecer, pois aceleram a saciedade e, por terem iodo, ajudam a  estimular a tireoide e a aumentar o gasto calórico.

4. Coloque porções pequenas no prato. Com essa medida, você poderá reduzir em até 20% o consumo de calorias.

5.Acrescente uma variedade de vegetais aos lanches. Não fique só na alface e no tomate. Que tal acrescentar rúcula, rodelas de pepino, gengibre? Além de mais saborosa, a sua salada fornecerá fibras, vitaminas, minerais e antioxidantes.

6. Tenha cenouras à mão. Elas são ótimas fontes de betacarotenos, antioxidantes que cuidam da pele e das articulações, melhoram a resposta do sistema de defesa e protegem os olhos. Seu alto conteúdo de fibras satisfaz e ajuda a emagrecer.

7.  Inclua proteínas em todas as refeições. Todo alimento, ao ser digerido, cria o chamado efeito térmico, que faz com que o metabolismo fique ligeiramente mais veloz. As proteínas, no entanto, são capazes de acelerar o metabolismo muito mais que as gorduras ou os carboidratos, além de ajudarem você a ganhar e a manter a massa muscular. Opte pelas proteínas do bem, como peito de peru, queijos magros, peixe, tofu, ovos, etc.

8. Reduza o consumo de sal. Muitos dos alimentos que você consome regularmente já contêm um alto teor de sódio, o que significa que você deve moderar o consumo do tempero. O sódio está relacionado ao aparecimento de problemas no coração, rins, fígado, ossos e articulações.

9. Coma gordura boa para queimar gordura. As gorduras são nutrientes essenciais ao corpo, mas é preciso saber escolher entre as que fazem bem e as que fazem mal.

10. Coma uma maçã. 15 minutos antes do café da manhã, do almoço e do jantar ajuda a emagrecer. Estudo da Universidade da Pensilvânia (EUA) descobriu que essa conduta reduz a ingestão de até 200 kcal.

Os comentários estão desativados.

Recomendadas para você