4 dicas para você se manter firme na dieta

Passados 4 meses desse ano, ainda está difícil manter uma dieta mais regrada, certo? Então, confira nossas 4 dicas para ajudar nessa missão

4 dicas para você se manter firme na dieta
Foto: iStock

Muito provavelmente você prometeu que iria melhorar a alimentação, praticar mais atividades físicas e, consequentemente, perder peso, né? Contudo, é difícil se livrar de alguns velhos e maus hábitos que acabam com sua dieta.

No entanto, nós da Sport Life estamos aqui para te ajudar a ficar firme no seu programa de emagrecimento e evitar as falhas do passado. Contamos ainda com o apoio de Rodrigo Polesso, especialista em emagrecimento e Nutrição Otimizada pela Universidade Estadual de San Diego, EUA. Confira nossas dicas!

1. Não passar fome com a dieta

A solução para o emagrecimento está em mudar o que comemos e não a quantidade. Algumas pessoas focam no controle das calorias e porções e mesmo assim estamos numa era com pessoas cada vez mais gordas e doentes.

Quando falamos em emagrecimento (e saúde também), as evidências científicas são claras. Resultados verdadeiros e permanentes de emagrecimento vem da correção da qualidade do que você come e não simplesmente da quantidade. Realmente, o foco na quantidade e na constante sensação de fome que isso costuma gerar é a forma mais direta de desacelerar o seu metabolismo e dificultar o emagrecimento.

Mas emagrecimento verdadeiro é resultado do funcionamento correto do seu metabolismo e sistema hormonal e isso só é possível de se fazer focando nos alimentos corretos que colaboram para sua saúde e não em se comer menos de alimentos que prejudicam a mesma.

2. Não largar a dieta e focar nos exercícios

Assim como o médico canadense Dr. Jason Fung diz: “90% do emagrecimento vem da alimentação e somente 10% dos exercícios, então porque gastamos 50% do nosso tempo focando neles?”.

Mais uma vez, a ciência disponível sobre este tema é bastante clara. O corpo é uma máquina que procura gastar energia de forma muito otimizada. Ou seja, ele se ajusta facilmente a carga de trabalho que lhe é imposta. O ganho de peso exacerbado é uma consequência de maus hábitos alimentares e não de puro sedentarismo. Logo, a perda de peso acontece naturalmente quando estes hábitos alimentares são corrigidos.

Exercícios físicos são, sem dúvidas, essenciais. Contudo, contar com eles como única estratégia para emagrecer é um dos erros mais comuns e frustrantes cometido pelas pessoas.

3. Cuidado com o conto da fada da dieta

A cada dieta errada e restritiva que você faz, fica mais difícil de se obter resultados com sua próxima tentativa. Ficar pulando de dieta em dieta, passando fome de tempos em tempos, obtendo resultados rápidos que voltam como um bumerangue assim que você retorna a seus hábitos normal é uma estratégia extremamente contra-produtiva para se perder peso e se manter saudável.

A dura verdade é que por mais que existam milhares de dietas, nenhuma delas trará resultados permanentes e sustentáveis por si só. O que é necessário para se emagrecer de vez, naturalmente, de forma saudável e manter a boa forma por anos a fio é uma mudança de estilo de vida e não tentativas drásticas e esporádicas, pois elas só fazem com que seu corpo se torne mais e mais resistente a mudanças.

4. Fazer ou não jejum?

Nem sempre comer de três em três é o ideal. Tanto que a prática correta do jejum intermitente é também algo que está ganhando bastante atenção. É nos momentos de jejum (não alimentação) que o corpo tende a manter os níveis de insulina e açúcar no sangue controlados, permitindo que a gordura estocada seja queimada naturalmente e não durante uma rotina alimentar frequente que não dá nenhuma pausa do corpo.

Por outro lado, há quem acredite que fazer pequenas refeições ao longo do dia mantém o intestino sempre trabalhando, facilitando o gasto de energia. Por fim, é importante você consultar um profissional da área e não sair copiando a dieta de alguém.

Os comentários estão desativados.

Recomendadas para você