Corredora amadora dá um basta no efeito sanfona por meio do esporte

Nathalia Soares conseguiu eliminar cerca de 15kg com a corrida e alimentação saudável

corredora amadora
Foto: Arquivo Pessoal

Antes de se tornar uma corredora amadora, Nathalia Soares não sofria com o sobrepeso, mas lutava com o efeito sanfona. Entre os 15 e 25 anos de idade, a gerente de novos negócios tentou diversas maneiras de emagrecer. Contudo, os remédios, laxantes, shakes, sopas e dietas milagrosas não conseguiram estabilizar seu peso.

“Na verdade, nunca fui uma criança obesa, mas sempre gostei de comer comida e era uma menina com barriguinha e pernas grossas”, relembra Nathalia sua infância. Nessa época, a garota se alimentava muito bem, por conta da cultura da família de “raspar o prato”. A alimentação nunca tinha sido controlada, apenas em relação às besteiras, como conta. Por isso, o esporte entrou na sua vida como uma forma de compensar essa questão.

Mas só foi em 2012, quando estava com 25 anos, que Nathalia se tornou uma corredora amadora. A digital influencer – que hoje compartilha sua rotina de treinos e alimentação com seus seguidores – sentiu a necessidade de mudar após uma viagem para a Califórnia. Enquanto esteve fora, a atleta aproveitou todas as guloseimas disponíveis no exterior, ao voltar não cabia mais no vestido que havia escolhido para ser madrinha de casamento. Isso foi o gatilho para a mudança de Nathalia acontecer e dar um basta no efeito sanfona.

Foi então que resolveu regularizar sua frequência na academia e tomar shakes no jantar. Por trabalhar e estudar, a alimentação ficou um pouco comprometida, porém, Nathalia fez pequenas mudanças aos poucos. Iniciou a corrida com pequenos trotes e a meta de completar 5km sem pensar no tempo. Todas essas mudanças fizeram a gerente de novos negócios perder cerca de 15kg, passando do 73kg para os 58kg. Para Nathalia a transformação dos hábitos alimentares foi fundamental para tal resultado. “Enquanto não mudava isso e minha cabeça, podia malhar três horas por dia, mas voltava para casa e me alimentava errado“, relata.

Além de eliminar o excesso de peso, essas adaptações melhoraram diversos aspectos da vida da corredora amadora. Hoje, aos 31 anos, Nathalia sente-se mais disciplinada e uma mulher mais segura. “A corrida me trouxe mais auto-controle em algumas situações na vida pessoal e profissional, fora que me sinto muito mais bonita e disposta”, aponta os benefícios do esporte.

Encaixar a corrida e alterar seu estilo de vida não foi uma tarefa fácil. O convívio social, como comentários alheios em relação à dieta foram um dos maiores desafios para sua transformação. “As pessoas podem te fazer desistir de levar marmita ou comer alguma coisinha durante as festas”, comenta sobre as dificuldades. E acrescenta: “O importante é saber administrar tudo isso e ser feliz”. Atualmente, o que a faz feliz é ser corredora amadora, ter uma rotina com o esporte, treinar seis vezes na semana e ter uma alimentação equilibrada.

Confira mais sobre a corredora amadora Nathalia Soares:

Recomendadas para você